Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Furacão e Coxa começam a decidir o título do Campeonato Paranaense

A definição do campeão paranaense de 2012 começa neste domingo, às 16 horas (de Brasília), na Vila Capanema, no primeiro embate entre os rivais Atlético Paranaense e Coritiba. O Atletiba 351 coloca frente a frete as equipes que conquistaram respectivamente o primeiro e segundo turno do Campeonato Paranaense, mas a vantagem de jogar a segunda partida em casa ficou para o Coxa, que somou mais pontos no geral.

Na Baixada, o técnico Juan Carrasco terá três preocupações para montar a equipe. A primeira delas é o atacante Guerrón, punido pelo TJD-PR com dois jogos se suspensão, um deles já cumprido. Neste caso, Bruno Mineiro, Marcinho, Bruno Furlán e Ricardinho disputam as três vagas no setor. Já o lateral direito Gabriel Marques e o atacante Edigar Junio, com dores, dependem de liberação do departamento médico.

Apesar das indefinições, o treinador rubro-negro promete manter a postura ofensiva, sem grandes surpresas. ‘O esquema continua o mesmo. Quando chegamos aqui, apresentamos a nossa forma de jogar. O Atlético mudou muita coisa para melhor desde que chegamos. O futebol não tem muito mistério. Espero uma partida boa. Que ença o melhor time, aquele que apresentar o melhor futebol’, afirmou.

Polêmica, no entanto, não poderia faltar para o encontro e Carrasco alfinetou o rival sobre supostas ajudas da arbitragem no último Atletiba. ‘Que não seja como na última partida. Dois gols claros impedidos. Nós não queremos ajuda da arbitragem, só queremos uma partida honesta’, avaliou.

Classificado para as quartas de final da Copa do Brasil após duas vitórias sobre o Paysandu, o Coxa chega embalado para a partida. A conquista do segundo turno sobre o próprio rival, a volta do bom futebol e a despedida de Tcheco, que vai se aposentar ao final das duas competições, são motivadores extras para o grupo alviverde.

Em relação ao time que vai a campo, o técnico Marcelo Oliveira ainda não poderá contar com duas peças importantes, o volante William e o meia Rafinha, que seguem em tratamento no departamento médico. Em compensação, Lincoln, poupado no meio de semana, fica à disposição e deve ficar com a tarefa de armar a equipe.

O jogo também será especial por uma marca importante alcançada pelo comandante coxa-branca, que completará 100 partidas à frente do time. A melhor homenagem, no entanto, seria uma vitória para encaminhar o tricampeonato. ‘Eu fico feliz de estabelecer essa marca que é difícil no futebol brasileiro, onde se troca muito de técnicos. É um reconhecimento do trabalho combinando com o projeto do clube, mas trocaria qualquer marca pessoal pela conquista do tricampeonato’, concluiu.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO PARANAENSE X CORITIBA

Local: Estádio Durival Britto e Silva, em Curitiba (PR)

Data: 6 de maio de 2012, domingo

Horário: 16 horas (de Brasília)

Árbitro: Evandro Rogério Roman

Assistentes: José Carlos Dias Passos e Moisés Aparecido de Souza

ATLÉTICO-PR: Vinícius; Gabriel Marques (Pablo), Manoel, Bruno Costa e Héracles; Deivid, Paulo Baier e Ligüera; Marcinho (Bruno Furlán), Edigar Junio (Bruno Mineiro) e Ricardinho

Técnico: Juan Carrasco

CORITIBA: Vanderlei; Gil, Démerson, Emerson e Lucas Mendes; Júnior Urso, Tcheco, Lincoln, Everton Ribeiro; Roberto e Anderson Aquino

Técnico: Marcelo Oliveira