Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Frizzo nega que Kléber tenha sido afastado no Palmeiras

Por Da Redação 12 out 2011, 15h15

Por AE

Rio – O diretor de futebol Roberto Frizzo negou que o atacante Kléber tenha sido afastado do elenco do Palmeiras. Nesta quarta-feira, durante o desembarque da delegação no Rio, o dirigente declarou que a decisão de não levar o jogador para o confronto com o Flamengo, às 21h50, no Engenhão, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro, foi tomada em conjunto pela comissão técnica e diretoria do clube.

“Foi uma decisão da comissão técnica e da diretoria”, afirmou Frizzo, que estava nervoso e tentava evitar o contato com os jornalistas no Rio, mas negou o afastamento. “Não. Ser afastado é ser isolado. É um jogo. A comissão técnica tem o direito de relacionar os jogadores que entende devem ir para o jogo”, completou.

Frizzo não quis dar detalhes sobre a decisão de deixar Kléber fora do jogo do Palmeiras contra o Flamengo. Recuperado de lesão, o atacante havia sido incluído na lista de relacionados para o confronto no Rio divulgada na terça-feira. “Não tem nenhuma decisão, não aconteceu nada”.

Na terça-feira, o volante João Vítor foi agredido por torcedores do Palmeiras quando estava com um amigo e seu cunhado na loja do clube, ao lado do Palestra Itália. A situação revoltou Kléber e outros jogadores, que se recusaram a viajar à noite para o Rio, como estava programado.

Considerado um dos principais jogadores do Palmeiras, Kleber se envolveu em algumas polêmicas no clube neste ano, além de ter dado declarações em que criticava dirigentes e o técnico Luiz Felipe Scolari. Agora, o atacante parece estar novamente com o seu futuro incerto no clube.

Continua após a publicidade

Publicidade