Clique e assine a partir de 9,90/mês

Fred elogia ‘grupo mais unido’ da carreira e emociona Abel

Atacante foi o grande responsável pelo título, mas ressaltou força coletiva

Por Da Redação - 11 nov 2012, 19h22

“Depois de uma história de luta, de sacrifício, a gente vê a vitória de uma equipe extremamente dedicada. É um grupo maravilhoso”, disse Fred

O atacante Fred foi o grande nome do tetracampeonato brasileiro do Fluminense. Autor de 19 gols na competição até aqui, o artilheiro do campeonato fez dois no jogo do título, neste domingo, contra o Palmeiras, e ainda foi responsável pelo cruzamento em que Maurício Ramos marcou contra. O lance decisivo aconteceu perto dos 43 minutos, quando Fred recebeu livre na área, marcou de novo e garantiu a taça. Apesar de seu protagonismo, o jogador de 29 anos preferiu exaltar a união do grupo ao falar sobre a conquista, ainda no gramado do Prudentão. “Hoje eu tenho o prazer de falar que essa é a equipe mais unida que eu já joguei”, disse o capitão, ao elenco, na roda formada no centro do gramado em meio à festa tricolor. “É um título merecido, por tudo o que passamos no campeonato e pela entrega de todo mundo que comprou esse projeto do Abel Braga e da comissão técnica toda. Estão todos de parabéns.”

Leia também:

Fluminense, campeão brasileiro: tetra garantido com folga

Fred, comandante da conquista: experiência e muitos gols

Continua após a publicidade

Após início discreto, Diego Cavalieri opera milagres no Flu

Grêmio vence o São Paulo de virada e assume o 2º lugar

Atlético-MG empata com Vasco no Rio e cai para terceiro

A declaração do jogador emocionou o técnico Abel. “Vocês jogadores sabem o que eu sinto, mas o que o Fred falou é a coisa mais importante. Porque eu sei como estavam as coisas quando eu cheguei. Essa declaração do nosso capitão é mais importante que o título”, afirmou o treinador, com a voz embargada, no círculo tricolor. Fred também destacou a recuperação do Fluminense na competição e lembrou da distância que chegou a ser aberta pelo Atlético-MG e que foi recuperada no segundo turno do Brasileirão pelo time carioca. “Mesmo com tantas coisas que ouvimos no decorrer da competição, na 16ª rodada tínhamos onze pontos a menos que o Atlético-MG e um jogo a mais. Mas não deixamos de acreditar em nenhum momento, fomos focados”, comentou o artilheiro. “Só família de jogador sabe o que a gente passa. Fico feliz porque, depois de uma história de luta, de sacrifício, a gente vê a vitória de uma equipe extremamente dedicada. É um grupo maravilhoso.”

(Com Estadão Conteúdo e agência Gazeta Press)

Continua após a publicidade
Publicidade