Fred e Deco voltam ao Fluminense contra o Boca Juniors

Por Da Redação - 9 abr 2012, 14h11

Poupados da vitória do último sábado sobre o Madureira, pela Taça Rio, o atacante Fred e o meia Deco estão confirmados na equipe do Fluminense que enfrentará o Boca Juniors nesta quarta-feira, no Engenhão, pela última rodada da primeira fase da Copa Libertadores. Os dois jogadores não apresentam mais problemas físicos e não enfrentaram o Madureira porque a comissão técnica decidiu preservá-los em função das lesões sofridas pelos dois jogadores.

Com o retorno dos titulares, Rafael Moura e Lanzini deixam a equipe. Outro que volta diante da equipe argentina é o atacante Wellington Nem que cumpriu suspensão por ter recebido o terceiro cartão amarelo no clássico diante do Botafogo.

O problema de Abel está no meio-campo. O volante Valencia está se recuperando de uma lesão muscular na coxa direita enquanto Edinho deixou a partida do último sábado por ter sofrido uma entorse no tornozelo esquerdo. O jogador será reavaliado pelo departamento médico e se não tiver condições de jogo, Jean deve entrar ao lado de Diguinho no setor de proteção aos zagueiros.

Festança – A diretoria do Fluminense anunciou nesta segunda-feira, através do site oficial, que está organizando uma grande festa para o duelo contra o Boca Juniors, na quarta-feira, às 22h (de Brasília), no Engenhão. O movimento foi batizado de ‘Rio Tricolor’ e a idéia é cobrir a cidade com as cores da agremiação das Laranjeiras. Foi pedido aos torcedores que saiam de casa com a camisa do clube, além de hastear bandeiras nas janelas e colar adesivos nos vidros dos carros. A outra promoção consiste em promover a circulação de dois veículos pelas ruas da cidade para distribuir ingressos e uma carteirinha para estimular o torcedor a aderir aos programas promovidos pelo clube. Se o abordado já for sócio, ganhará uma camisa oficial.

Publicidade

Taça Rio – Já classificado para a próxima etapa da Libertadores, a preocupação imediata do Fluminense é garantir a classificação para as semifinais da Taça Rio. E a situação não é muito fácil. Na última rodada, o Tricolor das Laranjeiras vai precisar de uma vitória sobre o Olaria e torcer para que Bangu ou Vasco não vença seus jogos, contra Resende e Nova Iguaçu, respectivamente. O que motiva a equipe tricolor é poder repetir o ocorrido na Taça Guanabara quando o time chegou na última rodada em situação semelhante e acabou conseguindo a classificação para posteriormente conquistar o título em decisão contra o Vasco.

Publicidade