Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Fratus faz melhor tempo dos 50m em 2012 e acirra disputa com Cielo

Esta quarta-feira começou com bons resultados para os brasileiros no Troféu Maria Lenk. Nas eliminatórias para a final dos 50m livre, que ocorre nesta noite, Bruno Fratus marcou o melhor tempo da modalidade nesta temporada, com 21s70, seguido pelo atual campeão olímpico e mundial da prova, Cesar Cielo, que marcou 21s78. O francês Frédérick Bousquet obteve o terceiro tempo, 21s93.

O resultado, no entanto, parece não ter deixado Fratus satisfeito. Classificado para os Jogos Olímpicos de Londres desde julho do último ano, quando anotou o tempo de 21s76 no Mundial de Xangai, o atleta destacou quais eram suas expectativas.

‘Sair da competição e entrar na reta final pra Olimpíada é um objetivo. Gostaria de ter nadado um pouquinho mais baixo. Acho que vocês nunca me viram sair da piscina e dizer que estou satisfeito. Mas acredito que será melhor à tarde’, afirmou.

Cesar Cielo, que também está classificado para a competição em território inglês, já que registrou o tempo de 21s52 em Xangai, explicou qual será a estratégia utilizada para a decisão da modalidade e mostrou planos ambiciosos.

‘Foi tranqüilo. A expectativa de fazer o melhor tempo da minha vida sem os trajes (21s50) agora está alta. A eliminatória deu uma confiança. Dei uma respirada no final justamente pra poupar e dar uma segurada. À noite a intenção é não respirar. Vai ser uma bela prova’ analisou.

Uma das principais esperanças do Brasil em Londres, Thiago Pereira nadou os 200m medley em 1m59s45. Empolgado, o atleta destacou o tempo abaixo de dois minutos.

‘Quando eu estava nadando, não esperava nadar abaixo de dois minutos. Senti um pouco o cansaço. Eu pensei ‘nossa, que venha pelo menos um tempo bom’! Fiquei bem surpreso. Pretendo nadar bem mais forte na final’, ressaltou.

Nos 100m borboleta masculino, Kaio Márcio, também garantido nesta Olimpíada, fez 52s29 nas eliminatórias. Com este resultado, cinco dos oito finalistas nadaram na casa dos 52 segundos nesta quarta-feira, sendo que dois estão bem próximos do índice olímpico, 52s33: Marco Macedo (52s40) e Gabriel Mangabeira (52s42).

Feminino

Já na versão feminina dos 50m livre, quem levou a melhor foi a dinamarquesa Jeanette Ottensen, com 24s98. Flavia Delaroli, com 25s38, e Graciele Herman, com 25s39, também tiveram destaque na prova, terminando na segunda e na terceira colocação, respectivamente.

‘Estou polida para cá e esperava nadar melhor, mas hoje não encaixou. Meus primeiros 25 metros foram péssimos, depois melhorou mas não o suficiente. Costumo nadar melhor à noite, vamos ver’ afirmou Herman, que já está classificado para os Jogos Olímpicos de 2012.

Já nos 200m medley, Joanna Maranhão fez a segunda melhor marca, 2m19s74, ficando atrás somente de Mireia Belmonte, com 2m18s38.

‘Venho treinando forte mesmo em dia de competição. Tenho como característica mais resistência do que velocidade, mas estou tranqüila, porque estou no caminho certo. Nos 200m livre, por exemplo, fiz meu melhor tempo em oito anos’ disse Joanna.