Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Francês está internado em UTI após acidente no Dakar

Por Da Redação - 3 jan 2012, 13h37

Por AE

Buenos Aires – Um motociclista francês está internado na UTI de um hospital da província de Mendoza, na Argentina, depois de ter sido encontrado desmaiado nas dunas quando participava da segunda etapa do Rally Dakar. Sebastian Coue está no Hospital Teodoro J. Schestakow, localizado na zona sul da província de Mendoza. Na região, está localizada a cidade San Rafael onde foi encerrada a segunda etapa do Rally Dakar, na segunda-feira, considerada uma das provas mais perigosas do mundo.

O diretor do hospital, Armando Dauverné, disse que não pode precisar se o fato do francês ter ficado várias horas caído sob forte calor após sofrer o acidente piorou suas condições. A outra possibilidade aventada por Dauverné é que o francês tenha caído da sua Yamaha por provocada pelo forte calor.

“[Coue] Entrou em estado crítico com uma febre de mais de 40ºC”, disse Dauverné. “Eu não sei quanto tempo este homem ficou exposto ao sol. Estamos agora em tratamento de terapia intensiva completa”.

Publicidade

O acidente de Coue, que ainda não está claro como ocorreu, aconteceu um dia depois da morte do piloto argentino Jorge Martínez Boero, que caiu da sua moto na etapa de abertura do Rally Dakar, realizado entre as cidades de Mar del Plata e Santa Rosa.

Na segunda-feira, um ultraleve que acompanhava o evento caiu e causou a morte do seu piloto, Luis Marcelo Soldavini, de 37 anos, e seu filho Tomás, de 11. Sete pessoas, entre elas dois pilotos, morreram de forma direta ou indireta desde que o Dakar passou a ser disputado na América do Sul em 2009.

Publicidade