Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Francês Bruno da Costa atropela vaca no Dakar e está em estado grave

Por Da Redação - 3 jan 2012, 09h47

O piloto francês Bruno da Costa, que corre pelas motos da Yamaha no Rally Dakar, sofreu um acidente no segundo dia de provas da competição e foi levado ao hospital, onde segue em estado grave. Costa atropelou uma vaca e foi diagnosticado com fraturas na espinha dorsal, além de uma hemorragia renal.

O atendimento ao piloto de 38 anos foi imediato pela organização do rali e Bruno da Costa estava consciente quando foi encaminhada para o hospital de Mendonza.

O acidente aconteceu aproximadamente no quilômetro 126, considerado o mais perigoso, por ser também o trecho mais veloz da etapa, que vai de Santa Rosa de la Pampa até San Rafael. Segundo as primeiras informações divulgadas pela equipe do hospital, o piloto não sofreu danos neurológicos e já se comunicou com sua esposa por telefone, apesar de continuar em situação grave devido os ferimentos no corpo. A vaca envolvida na batida não resistiu.

Logo no primeiro dia de disputas pelo Rally Dakar, o primeiro acidente fatal já foi registrado. O argentino Jorge Martínez Boero não resistiu a lesões no tórax, que o levaram a sofrer uma parada cardíaca, no último domingo.

Publicidade