Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

França encara Honduras tentando esquecer Copa de 2010

No último Mundial, as duas equipes foram eliminadas ainda na primeira fase

Com a intenção de esquecer a Copa de 2010, quando foram eliminadas na primeira fase, França e Honduras se enfrentam neste domingo, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, às 16h (de Brasília), pelo grupo E – que conta também com Suíça e Equador. A partida será apitada pelo brasileiro Sandro Meira Ricci. As duas seleções, que nunca se enfrentaram, terminaram o Mundial anterior na última posição de seus grupos, com apenas um ponto conquistado.

Leia também:

Guia da Copa: França, Les Bleus (Os Azuis)

Guia da Copa: Honduras, Los Catrachos (Os Hondurenhos)

Com dores nas costas, Ribery não vem ao Brasil

Liderados pelo técnico Didier Deschamps, responsável por reconduzir a França às grandes atuações, a equipe fez uma boa campanha as Eliminatórias e foi a segunda colocada no grupo da Espanha. Na repescagem, perderam o primeiro jogo contra a Ucrânia, 2 a 0 em Kiev, mas conseguiram se recuperar na partida de volta e carimbaram a vinda ao Brasil ao vencer por 3 a 0.

Mesmo sem poder contar com seu principal jogador, Franck RIbéry, cortado por uma lesão nas costas, os franceses querem ir longe nessa Copa. “O corte dele não muda nada em nosso estado de ânimo, nem as nossas ambições. Todo mundo tem vontade de fazer uma grande Copa do Mundo. Será um esforço coletivo”, pregou Hugo Lloris, goleiro e capitão da França. Com a ausência de Ribéry, a principal estrela da equipe é o atacante Karim Benzema, do Real Madrid.

Em sua terceira participação em Copas, Honduras, do técnico Luis Fernando Suárez, tenta conquistar a primeira vitória, para, quem sabe, cavar uma vaga nas oitavas de final. Para isso, a equipe aposta em um esquema defensivo e de contra-ataques.

Acusado de ser um time violento pelo treinador francês, o meia Roger Espinoza, que atua no futebol inglês, condenou o comentário. “Não somos agressivos. Os uruguaios, os argentinos e os ingleses também são fortes.” O atacante Carlos Costly, maior esperança de gols da equipe, se machucou na quinta-feira, mas deve estar pronto para a partida deste domingo.

(Com agências AFP e EFE)