Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

França desbanca os EUA e avança na Copa do Mundo de basquete

Na China, equipe europeia quebrou invencibilidade de 13 anos dos americanos

A seleção de basquete da França surpreendeu os atuais bicampeões Estados Unidos nesta quarta-feira, 11, e se classificou às semifinais da Copa do Mundo da China com uma vitória por 89 a 79. O resultado quebrou uma invencibilidade dos americanos em jogos oficiais que durou nada menos que 13 anos.

Depois de eliminar o Brasil na última rodada da segunda fase, os Estados Unidos, comandados pelo consagrado técnico Gregg Popovich, do San Antonio Spurs, voltaram a mostrar desempenho irregular e não conseguiram resistir, especialmente, a um último quarto quase perfeito dos franceses, em parcial fechada em 26 a 13.

O grande nome da partida foi o pivô francês Rudy Gobert, que anotou 21 pontos, pegou 16 rebotes e ainda deu duas assistências. O ala Evan Fournier, por sua vez, foi o melhor pontuador da França, com 22 pontos, enquanto o armador Nando de Colo fez 18.

Pelo lado dos Estados Unidos, que viajaram à Ásia com um elenco jovem e desfalcado de suas principais estrelas, o ala-armador Donovan Mitchell foi o único destaque, com 29 pontos, seis rebotes e quatro assistências. O segundo melhor pontuador foi o armador Marcus Smart, com apenas 11 pontos.

Os franceses pegarão nesta sexta-feira, 13,  a Argentina, que ontem despachou a Sérvia, em Xangai. Esta é apenas a terceira vez que a seleção europeia fica no ‘top-4’, depois de 1954, no Brasil, em que a fase final era em pontos corridos, e 2014, quando bateu Espanha nas quartas, e caiu diante da Sérvia na etapa seguinte.

Os Estados Unidos, por sua vez, encerraram uma série de 48 vitórias consecutivas em partidas oficiais. A última derrota havia acontecido nas semifinais da Copa de 2006, para a Grécia. Agora, os comandados por Popovich pegarão a Sérvia, pelo torneio de consolação, que definirá do quinto ao oitavo colocados.