Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Fórum discutirá uso contínuo de futura estrutura esportiva do Brasil

O Fórum Nacional Brasil – O País do Esporte, marcado para o dia 1de dezembro, no SESC Consolação, em São Paulo, traz em sua programação o painal ‘Infraestrutura e novos equipamentos valorizando as práticas esportivas’. A intenção é discutir o uso contínuo pela população da estrutura esportiva que está sendo desenvolvida para Copa das Confederações-2013, Copa-2014, Olímpiadas-2016 e Paraolimpíadas-2016.

O debate terá a presença de Dennis Mills, presidente da Major Events International (MEI) – empresa especializada no apoio a cidades sede na avaliação e liderança de licitações, no estabelecimento de requisitos para aquisições complexas, na execução de contratos e nos preparativos e realização dos eventos.

Também participam Décio Chusid, presidente da Playpiso – empresa líder no segmento de pisos e equipamentos esportivos de alta tecnologia, representante exclusiva no Brasil da marca italiana Mondo, fornecedora oficial das últimas 9 Olimpíadas e das Olimpíadas de Londres em 2012; e Regiane Galante, assistente-técnica da gerência de desenvolvimento físico-esportivo do SESC.

O Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) – enviado em agosto pelo Ministério do Planejamento ao Congresso Nacional e que deve ser votado até o final do ano – prevê, para o ano de 2012, um investimento de R$ 1,8 bilhão no setor chamado de ‘grandes eventos’, que compreende a Copa das Confederações, Copa do Mundo, Olimpíadas e Paraolimpíadas – a serem realizados no Brasil entre 2013 e 2016.

A verba é destinada a obras de infraestrutura, equipamentos esportivos, adequações no setor de turismo, aprimoramento da segurança com a compra de equipamentos para policiais, bombeiros e polícia civil, e na manutenção da Autoridade Pública Olímpica (APO), órgão criado para gerir as obras do mundial. Até 2016, será um total de R$27 bi aplicados.