Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Fortes emoções: os altos e baixos de Neymar em 2014

Craque comoveu o país com gols e, sobretudo, com a lesão na vértebra que o tirou da Copa do Mundo. Na bola e no amor, craque viveu um ano intenso

Por Da Redação 23 dez 2014, 07h34

O maior craque brasileiro da atualidade viveu um ano repleto de emoções, das mais variadas possíveis. Neymar entrou em 2014 com a responsabilidade de guiar o Brasil rumo ao hexacampeonato em casa. Fracassou, mas deixou o Mundial em alta com a torcida. Marcou quatro gols e exerceu uma liderança em campo que não é comum para um jovem de 22 anos. Só Deus sabe como seria a semifinal diante da Alemanha se Neymar estivesse em campo. A joelhada nas costas que o tirou de forma traumática do torneio, porém, não foi a única decepção do ídolo no ano – até a sua vida amorosa teve altos e baixos. Pelo Barcelona, o atacante conseguiu se consolidar como um dos melhores jogadores do mundo, mas não conquistou títulos.

Publicidade