Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Fórmula 1 pode ser vendida este ano, diz Ecclestone

<p>Chefe da categoria diz que há três grupos interessados no negócio</p>

Por Da Redação Atualizado em 11 jan 2022, 18h13 - Publicado em 7 out 2015, 09h01

O diretor comercial da Fórmula 1, Bernie Ecclestone, revelou nesta terça-feira que a principal categoria do automobilismo mundial pode ter novos donos até o fim de 2015, com três possíveis interessados. “Nossos acionistas estão basicamente em uma situação em que precisam perder uma parte de sua participação, ou toda, em breve”, disse o dirigente britânico de 84 anos na conferência internacional Camp Beckenbauer, em Kitzbuehel, na Áustria.

“Tem havido muito interesse e eu diria que há três grupos no momento. Eu ficaria surpreso se um deles não fizer a compra muito em breve.” Ao ser questionado sobre um prazo, Ecclestone não titubeou: “Este ano”. O diretor não identificou quais seriam os grupos interessados.

Leia também:

Ecclestone sugere F1 feminina para atrair público e patrocinadores

Chefão da F1 ignora público jovem: ‘Prefiro rico de 70 anos’

Críticas não abalam chefão da F1: ‘Só saio em um caixão’

O fundo de investimentos CVC Capital Partners é o atual acionista controlador da Fórmula 1, com 35,5 % de participação, enquanto Ecclestone possui 5,3 %. Nesta semana, Ecclestone já havia levantado a possibilidade de as escuderias terem três carros no grid da temporada de 2016, em resposta às ameaças de equipes menores de deixar a Fórmula 1.

(com agência Reuters)

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade