Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ford ressuscita Escort no Salão de Xangai

O bom e velho Escort, modelo produzido pela Ford por mais de três décadas na Europa e que foi objeto de desejo de muitos brasileiros durante os anos 1980, está de volta, porém repaginado. Um protótipo de sedã compacto, que leva o mesmo nome do modelo clássico, é uma das atrações do Salão de Xangai, na China, cuja abertura para o público acontece neste domingo. O carro-conceito, no entanto, em nada lembra a sexta e última geração do Escort, e que chegou a ser fabricada na Argentina e importada para o Brasil até o início dos anos 2000, antes de ser substituída pelo Focus.

Leia também:

Mercedes GLA, a versão jipe do novo Classe A

Vende-se Lamborghini raro, modelo 1998. Preço: R$ 4,2 milhões

Peugeot 208 ‘contracena’ em comercial com personagens da ‘Corrida Maluca’

Novo Corolla vai dar as caras em novembro, nos EUA

O novo Escort apresentado em Xangai exibe o mesmo padrão de design adotado pela Ford em outros modelos da marca, como o Fusion e o New Fiesta, e caracterizado pela ampla grade de moldura e hastes horizontais cromadas e faróis retangulares. A exceção é a traseira curta, também presente no Escort antigo, mas que no caso do protótipo é suficiente para considerá-lo como um sedã – o anterior era classificado como hatchback.

Leia também:

Evoque Victoria Beckham chega ao país por 385.000 reais

Em Xangai, surge o novo SUV da Citroen, o DS Wild Rubis

BMW mostra o novo crossover X4, ou o baby X6

Aparentemente, o novo Escort é baseado na mesma plataforma do médio Focus, o modelo mais vendido da Ford no mercado chinês. De acordo com executivos da montadora, o protótipo é maior e mais espaçoso que o Focus, apesar de não terem sido divulgadas imagens do interior do veículo, nem medidas ou detalhes sobre sua motorização ou desempenho.

As últimas informações sobre lançamentos, recall, test drives e mercado

Acompanhe VEJA Esporte no Facebook

Siga VEJA Esporte no Twitter

A data para o início da produção do novo modelo não foi revelada, porém é certo que ele ganhará as ruas da China a tempo de rivalizar com outro veterano conhecido dos brasileiros, o sedã Santana, que ainda é fabricado pela Volkswagen no país asiático. Por aqui, ele foi aposentado em 2006, após 22 anos de seu lançamento no mercado nacional. O novo Escort é voltado para consumidores chineses interessados em carros compactos e com design mais discreto e menos esportivo.