Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

‘Forbes’ elege Corinthians o clube mais valioso da América

Clube lidera o ranking pelo 4º ano consecutivo, seguido por Palmeiras e Grêmio

Por da redação Atualizado em 8 nov 2016, 13h03 - Publicado em 8 nov 2016, 13h02

O Corinthians vive um momento extremamente conturbado: sem chance de conquistar títulos no ano, com extrema dificuldade para pagar o Itaquerão e sem perspectiva de melhora para 2017. O mau momento, no entanto, não se reflete no ranking anual da revista Forbes. A edição mexicana da publicação americana revelou nesta semana que, pelo quarto ano consecutivo, o Corinthians é o clube de futebol mais valioso das Américas. O rival Palmeiras e o Grêmio completam o pódio de 2016.

Completam o top 10 duas equipes mexicanas e cinco dos Estados Unidos. Entre os 50 primeiros, aparecem outras dez equipes brasileiras: São Paulo (11º), Inter (17º), Atlético-PR (25º), Flamengo (27º), Santos (34º), Cruzeiro (38º), Atlético-MG (39º), Fluminense (43º), América-MG (45º) e Sport (50º).

  • O ranking elaborado pela Forbes considera quatro critérios: o valor dos jogadores que pertencem ao clube, as receitas por direitos de televisão, o custo do estádio (se for particular) e o valor da marca. A revista explica que, por causa da crise econômica e política e dos escândalos de corrupção no país, os clubes argentinos como River Plate (21º) e Boca Juniors (29º) perderam valor de mercado.

    A Forbes ressalta ainda que o “lendário Santos, do Brasil” está em uma posição ruim por causa da falta de “renovação de suas instalações”, se referindo à Vila Belmiro. A reforma dos principais estádios do país para a Copa do Mundo de 2014 também é um fator que favorece as equipes brasileiras – a Forbes cita que a “força financeira” de Brasil, México e Estados Unidos se reflete na lista.

    Líder desde o lançamento do ranking, em 2013, O Corinthians apresentou evolução em relação ao ano passado: passou de 511,7 milhões de dólares para 532,7 milhões de dólares (1,7 bilhão de reais) segundo a publicação. Depois de um 2016 desastroso, é pouco provável que o clube paulista consiga um resultado tão bom no ranking do próximo ano.

    Os 50 clubes mais valiosos das Américas em 2016:

    1-  Corinthians – 532, 7 milhões de dólares

    2 – Palmeiras – 480,1 milhões de dólares

    3 – Grêmio – 320,9 milhões de dólares

    4 – Guadalajara (México) – 273, 1 milhões de dólares

    5 – Monterrey (México) – 270 milhões de dólares

    6 – Los Angeles Galaxy (EUA) – 265 milhões de dólares

    7 – Seattle sounders (EUA) –  260 milhões de dólares

    8 – New York FC (EUA) – 255 milhões de dólares

    9 – Orlando City (EUA) – 240 milhões

    10 – Houston (EUA) – 215 milhões

    11 – São Paulo – 188, 3 milhões

    12 – América (México) – 187,6 milhões

    13 – Portland Timbers (EUA) –  185 milhões

    14 – Toronto (Canadá) – 180 milhões

    15 – Sporting Kansas City (EUA) – 165 milhões

    16 – Chicago Fire (EUA) – 160 milhões

    17 – Internacional – 158,7 milhões

    18 – New England Revolution – 158 milhões

    19 – Santos Laguna (México) – 155, 9 milhões

    20 – FC Dallas (EUA) – 148 milhões

    21 – River Plate (Argentina) – 146, 8 milhões

    22 – San José (EUA) – 146 milhões

    Continua após a publicidade

    23 – Philadelphia (EUA) – 145 milhões

    24 – New York Red Bulls – 144 milhões

    25 – Atlético-PR – 141,5 milhões

    26 – DC United – 140 milhões

    27 – Flamengo – 128,3 milhões

    28 – Montreal Impact (Canadá) – 128 milhões

    29 – Boca juniors – 125,6 milhões

    30 – Vancouver – 125 milhões

    31 – Tijuana México – 121 milhões

    32 – Pumas (México) – 113, 5 milhões

    33 – Columbus Crew – 108 milhões

    34 – Santos  – 111, 7 milhões

    35 – Real Salt Lake – 108 milhões

    36 – Deportivo Cali (Colômbia) – 107, 1 milhões

    37 – Colorado Rapids – 105 milhões

    38 – Cruzeiro – 102,5 milhões

    39 – Atlético-MG – 99,1 milhões

    40 – Independiente – 85,1 milhões

    41 – Tigres – 79 milhões

    42 – Pachuca – 78 milhões

    43 – Fluminense – 75,4 milhões

    44 – San Lorenzo – 73,3 milhões

    45 – América-MG – 66,3 milhões

    46 – Toluca – 63, 8 milhões

    47 – Colo-Colo – 60,4 milhões

    48 – Cruz Azul – 60,1 milhões

    49 – León – 52,3 milhões

    50 – Sport Recife – 51,4 milhões

    Continua após a publicidade
    Publicidade