Clique e assine a partir de 9,90/mês

Fora do UFC, Sonnen fecha com a ESPN e quer Rio-2016

Punido por doping, falastrão quer participar da briga pela medalha olímpica na luta greco-romana. Até lá, ele será comentarista de MMA do canal americano

Por Da Redação - 13 nov 2014, 15h57

Depois de anunciar sua aposentadoria no MMA, Chael Sonnen foi contratado nesta semana pela ESPN dos Estados Unidos como comentarista da modalidade. O falastrão americano encerrou sua carreira no UFC depois de ser flagrado em dois exames antidoping, o que fez com que ele também perdesse o emprego de apresentador de um programa oficial da franquia na Fox Sports. “Aamo falar sobre lutas. Amo assistir a lutas. A ESPN permitir que eu comente lutas ao vivo, vestindo um terno chique e ainda chame isso de trabalho é ótimo. É o que eu estaria fazendo em casa de qualquer jeito”, disse Sonnen à agência de notícias Associated Press.

Leia também:

UFC 180: Werdum é visto como favorito a cinturão interino

Anderson volta ao UFC renovado – e mais humilde, garante

Continua após a publicidade

Anderson: ‘Eu não paro enquanto não pegar meu cinturão’

A estreia de Sonnen como comentarista da ESPN será no próximo sábado, no UFC 180 – que tem como luta principal o combate entre Fabrício Werdum (Brasil) e Mark Hunt (Nova Zelândia). Ele ainda aparecerá no telejornal Sportscenter – e garante que não terá problemas em falar sobre doping quando for questionado, apesar do histórico negativo no tema. O “gângster americano”, como se autointitula, ainda tem outros planos ambiciosos. Sonnen disse na mesma entrevista que pretende participar das seletivas americanas de luta greco-romana para tentar defender seu país na Olimpíada de 2016, no Rio de Janeiro: “Seria um dos quatro ou cinco melhores”, garantiu o fanfarrão de 39 anos.

(Com agência Gazeta Press)

Publicidade