Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Fora do UFC, Sonnen fecha com a ESPN e quer Rio-2016

Punido por doping, falastrão quer participar da briga pela medalha olímpica na luta greco-romana. Até lá, ele será comentarista de MMA do canal americano

Por Da Redação 13 nov 2014, 15h57

Depois de anunciar sua aposentadoria no MMA, Chael Sonnen foi contratado nesta semana pela ESPN dos Estados Unidos como comentarista da modalidade. O falastrão americano encerrou sua carreira no UFC depois de ser flagrado em dois exames antidoping, o que fez com que ele também perdesse o emprego de apresentador de um programa oficial da franquia na Fox Sports. “Aamo falar sobre lutas. Amo assistir a lutas. A ESPN permitir que eu comente lutas ao vivo, vestindo um terno chique e ainda chame isso de trabalho é ótimo. É o que eu estaria fazendo em casa de qualquer jeito”, disse Sonnen à agência de notícias Associated Press.

Leia também:

UFC 180: Werdum é visto como favorito a cinturão interino

Anderson volta ao UFC renovado – e mais humilde, garante

Anderson: ‘Eu não paro enquanto não pegar meu cinturão’

A estreia de Sonnen como comentarista da ESPN será no próximo sábado, no UFC 180 – que tem como luta principal o combate entre Fabrício Werdum (Brasil) e Mark Hunt (Nova Zelândia). Ele ainda aparecerá no telejornal Sportscenter – e garante que não terá problemas em falar sobre doping quando for questionado, apesar do histórico negativo no tema. O “gângster americano”, como se autointitula, ainda tem outros planos ambiciosos. Sonnen disse na mesma entrevista que pretende participar das seletivas americanas de luta greco-romana para tentar defender seu país na Olimpíada de 2016, no Rio de Janeiro: “Seria um dos quatro ou cinco melhores”, garantiu o fanfarrão de 39 anos.

(Com agência Gazeta Press)

Continua após a publicidade
Publicidade