Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Fora desde atentado, Adebayor voltará à seleção de Togo

Por Da Redação 10 nov 2011, 10h23

Por AE

Lomé – O atacante Emmanuel Adebayor informou nesta quinta-feira que voltará a aceitar as convocações para a seleção togolesa. O jogador do Tottenham estava fora da equipe há cerca de um ano e meio, após o atentado ao ônibus que levava a delegação de Togo durante a disputa da Copa Africana de Nações, em janeiro de 2010.

Com isso, o atacante atuará nas partidas das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2014 e das Eliminatórias da Copa Africana de Nações de 2013. “Adebayor está esperançoso que um novo capítulo esteja prestes a ser escrito pelo futebol togolês e se comprometeu a jogar desde o início das partidas classificatórias para estas competições”, informou a Federação Togolesa de Futebol.

Adebayor anunciou que não jogaria mais pela seleção em abril de 2010. Na época, disse que ainda estava marcado pela memória do ataque ao ônibus da seleção de Togo, que foi alvo de um atentado terrorista em janeiro daquele ano, em Angola. Na ocasião, duas pessoas que faziam parte da delegação morreram.

Um dos maiores nomes da história do futebol togolês, o atacante foi fundamental para a classificação da seleção para a Copa do Mundo de 2006, na Alemanha, a única disputada pelo país até hoje. Revelado pelo Metz, da França, passou por grandes clubes da Europa, como Arsenal, Real Madrid e Manchester City até chegar ao Tottenham.

TÉCNICO INTERINO – Ainda nesta quinta-feira, a Federação Togolesa de Futebol anunciou que o ex-jogador francês Didier Six assumirá o comando da seleção de forma interina. Togo estava sem um treinador desde que o também francês Thierry Froger foi demitido em março, após não conseguir a classificação para a Copa Africana de Nações de 2012, que será disputada no Gabão e na Guiné Equatorial.

Continua após a publicidade
Publicidade