Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘Fomos roubados contra o Brasil em 2002’, diz Witsel

Jogador relembra duelo que teve gol belga mal anulado na Copa do Mundo de 12 anos atrás

Se vencer a Argentina neste sábado em Brasília, a Bélgica vai às semifinais e iguala sua melhor campanha em Copas, mas o volante Axel Witsel relembrou nesta quinta-feira da decepção que sentiu como torcedor na última participação da equipe na Copa da Coreia do Sul e do Japão, em 2002: “Fizemos um bom torneio e tínhamos uma boa seleção, mas fomos roubados contra o Brasil”, disse Witsel. Ele tinha 13 anos na época.

Leia também:

Na véspera das quartas, o Brasil treina longe do Castelão​

Assista aos gols mais bonitos desta Copa do Mundo

​No duelo da camisa 10, James é mais letal que Neymar

Messi relaxa jogando ‘fut-tênis’ em Belo Horizonte

Na ocasião, o então atacante Marc Wilmots, atual técnico da seleção, fez um gol de cabeça quando a partida ainda estava 0 a 0. O árbitro anulou o lance e marcou falta de ataque no zagueiro Roque Júnior. Os gols da vitória do Brasil, que era comandado também por Luiz Felipe Scolari, foram marcados no segundo tempo por Rivaldo e Ronaldo.

Siga no Instagram: uma seleção de fotos exclusivas em @vejanoinsta

Witsel joga pelo Zenit, da Rússia, e, por já ter atuado pelo Benfica, deu entrevista em português nesta quinta-feira, em Mogi das Cruzes, no interior paulista, onde a Bélgica está concentrada. A seleção europeia embarca na noite desta quinta para Brasília, e na sexta fará o treino de reconhecimento do gramado do Estádio Mané Garrincha. Os desfalques da equipe são o meia Dembele e o lateral-esquerdo Vermaelen, ambos com problema muscular na coxa.

Atacante da Bélgica Mark Wilmots tem gol anulado contra o Brasil na Copa do Mundo de 2002 Atacante da Bélgica Mark Wilmots tem gol anulado contra o Brasil na Copa do Mundo de 2002

Atacante da Bélgica Mark Wilmots tem gol anulado contra o Brasil na Copa do Mundo de 2002 (/)

(Com Estadão Conteúdo)