Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Fluminense vence com 2 gols de Fred e segue vivo

Por AE

Rio – O Fluminense jogou o suficiente para vencer o Bonsucesso por 2 a 0, neste sábado, no Estádio Moça Bonita, em Bangu, no Rio. O técnico Abel Braga escalou a equipe titular – com exceção do meia Thiago Neves, que se recupera de lesão – e foi recompensado com a vitória, graças aos dois gols do atacante Fred, ambos marcados ainda no primeiro tempo. Agora, se concentra no duelo com Zamora, na quinta-feira, na Venezuela, pela Libertadores.

O atacante Wellington Nem teve boa atuação neste sábado. Participou dos dois gols de Fred e, por pouco, não marcou o seu. Com a vitória, o Fluminense chegou aos seis pontos e encostou no líder do Grupo B da Taça Rio, o Vasco, que tem sete e joga apenas neste domingo. Em caso de derrota, o time de Abel Braga ficaria em situação complicada para ir à semifinal, mas agora mantém o sonho de ganhar também o segundo turno do Campeonato Carioca.

As duas equipes voltaram a se enfrentar após quase 19 anos. O último duelo entre eles havia sido em maio de 1993, quando o Fluminense venceu o Bonsucesso por 1 a 0, nas Laranjeiras.

Neste sábado, o Fluminense começou o jogo de forma arrasadora. Logo aos 4 minutos, Leandro Euzébio deu bom passe para Wellington Nem, que, dentro da área, levantou a cabeça e viu Fred livre. O atacante, então, só precisou escorar para o gol: 1 a 0. Na comemoração, os jogadores homenagearam o humorista Chico Anysio, morto na última sexta-feira.

Dez minutos depois, Araújo lançou Wellington Nem, que dividiu bola com Saulo e caiu. O árbitro, então, marcou pênalti. Fred cobrou bem e marcou, ampliando para 2 a 0 aos 16. Aos 20, o Bonsucesso quase diminuiu com Diogo em cobrança de falta, mas a bola bateu no travessão e saiu.

Aos 38 minutos, Carlinhos avançou pela esquerda e cruzou para Wellington Nem. O atacante rolou para Araújo, que, de frente para o gol, chutou para fora. Aos 43, Diego Cavalieri deu um chutão e a bola sobrou para Wellington Nem, que driblou para um lado e para o outro antes de chutar, mas Saulo defendeu.

O Bonsucesso voltou melhor para o segundo tempo. Aos 6 minutos, Jefferson recebeu passe de Felipe dentro da área, dominou, girou sobre o zagueiro e chutou, mas Diego Cavalieri defendeu. O Fluminense só voltou a ter uma boa oportunidade aos 27, quando Bruno deu bom passe para Deco, que invadiu a área e bateu forte, no travessão. Depois, o jogo seguiu morno, sem muitas chances, até o apito final.

FICHA TÉCNICA:

BONSUCESSO 0 X 2 FLUMINENSE

FLUMINENSE – Diego Cavalieri; Bruno, Anderson, Leandro Euzébio e Carlinhos; Valencia, Diguinho e Deco; Araújo (Rafael Sóbis), Fred (Rafael Moura) e Wellington Nem (Wagner). Técnico: Abel Braga.

BONSUCESSO – Saulo; Felipe, Admilton, Arthur e Eduardo Ratinho; Márcio Guerreiro, Juninho (Éder), Ricardo Bóvio (Alex Alves) e Marco Goiano; Jefferson e Diego. Técnico: Marcão.

GOLS – Fred, aos 4 e aos 16 (pênalti) minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO – Lenilton Rodrigues.

CARTÃO AMARELO – Saulo, Diogo, Arthur, Eduardo Ratinho, Bruno, Carlinhos, Diguinho, Araújo, Anderson e Wellington Nem.

RENDA e PÚBLICO – Não disponíveis.

LOCAL – Estádio Moça Bonita, em Bangu, no Rio.