Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Fluminense perde para o Emelec com pênalti no fim: 2 a 1

Depois de sair atrás no placar e conseguir empatar o jogo com um golaço do meia Wagner, equipe carioca acabou castigada com a derrota no final da partida

O Fluminense esteve muito perto de voltar do Equador com um bom empate contra o Emelec, na noite desta quinta-feira, mas um gol de pênalti marcado aos 42 minutos da etapa final decretou a derrota da equipe de Abel Braga no jogo de ida das oitavas de final da Copa Libertadores. Em um lance muito contestado pelos brasileiros, o árbitro colombiano Wilmar Roldán assinalou a penalidade na disputa de bola entre o lateral Carlinhos e o meia Mondaini. Na cobrança, Gaibor chutou forte e não deu chances para o goleiro Diego Cavalieri, que acertou o canto.

Leia também:

Atlético-MG vira contra o São Paulo e fica perto das quartas

Boca Jrs. mostra força e sai na frente do Corinthians: 1 a 0

O jogo – Antes disso, o Emelec já havia saído na frente do placar com um gol contra de Leandro Euzébio no primeiro tempo. No lance, o lateral Vera cruzou para a área tricolor e o zagueiro do Fluminense acabou colocando a bola contra as próprias redes ao tentar afastar o perigo. O gol premiou a pressão do time da casa, que logo nos primeiros minutos já havia carimbado o travessão em um chute do perigoso meia argentino Mondaini. O empate do Fluminense viria ainda no primeiro tempo – e em grande estilo. Aos 43 minutos, o meia Wagner recebeu de Carlinho fora da grande área e acertou um lindo chute no ângulo do goleiro Dreer.

Em um segundo tempo menos movimentado, o Emelec quase chegou ao gol na vitória aos 37, quando Mondaini invadiu a área e chutou forte. Bem colocado, Cavalieri impediu o gol com uma defesa milagrosa. Cinco minutos depois, o juíz marcaria o pênalti que sacramentou a vitória do time equatoriano – que dessa forma mantém os 100% de aproveitamento dentro de casa na Libertadores.

Reclamação – Ao final da partida, os jogadores do Fluminense reclamaram muito da marcação. “Só ele viu o pênalti. Não tem o que explicar. O cara se jogou e o juiz deu pênalti. Foi um lance normal de jogo”, lamentou Carlinhos. As duas equipes voltam a se enfrentar na próxima quarta-feira, no Rio de Janeiro. Para se classificar, o Fluminense precisar vencer por dois gols de diferença ou por 1 a 0. Caso o time carioca devolva os 2 a 1 desta quinta, a partida vai para os pênaltis.