Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Fluminense esquece Boca e garante foco no Flamengo

Por Da Redação - 10 mar 2012, 15h03

Por AE

Rio – O Fluminense enfrentará o Flamengo, neste domingo, às 18h30, embalado pela vitória diante do Boca Juniors, na última quarta, em plena Bombonera, pela Libertadores. Apesar do resultado “histórico”, como classificou o técnico Abel Braga, a ordem no clube é esquecer esta partida e focar somente no clássico que acontecerá no Engenhão, pela terceira rodada da Taça Rio.

“Vencer o Boca deu uma confiança maior para todo o grupo, mas a gente sabe que dentro de campo as coisas mudam. O jogo do Boca já acabou e agora pensamos apenas no Flamengo, que é um clássico muito importante”, declarou o volante Diguinho. “No jogo contra o Boca, saímos com a vitória, com um grande resultado. Agora precisamos fazer um bom clássico”, completou o lateral Bruno.

Apesar da importância que tem um clássico diante do Flamengo, as duas equipes devem poupar alguns jogadores, visando a disputa da Libertadores. No Fluminense, o próprio Bruno sentiu cãibras na partida diante do Boca e pode não jogar. “Eu saí no segundo tempo porque me deu cãibras fortes, estava com as pernas meio pesadas, mas tranquilo. Vamos ver o que o Abel vai definir e independente de quem for jogar, vamos tentar conseguir os três pontos, que é o mais importante”, afirmou.

Publicidade

Após o clássico, o foco volta a ser a Libertadores, na qual o time das Laranjeiras enfrenta o Zamora, na próxima quarta-feira, no Engenhão. “Cada jogo é um jogo, tem sua história. Temos que focar na Taça Rio e depois, na segunda-feira, pensamos na Libertadores. Somos um grupo experiente que está sabendo lidar bem com isso”, garantiu Diguinho.

Publicidade