Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Fluminense e Inter decidem quem segue na Libertadores

Depois de empate em Porto Alegre, duelo está aberto. O vencedor pega o Boca

Por Da Redação 10 Maio 2012, 07h40

“São duas equipes que se conhecem bem. A tendência é uma partida decidida nos detalhes”, aposta Dorival Júnior, do Inter

Um forte candidato brasileiro à conquista da Copa Libertadores vai se despedir do sonho de conquistar o título continental nesta quinta-feira. Fluminense e Internacional se enfrentam a partir das 22 horas (horário de Brasília), no Engenhão, no Rio de Janeiro, no jogo de volta das oitavas de final. O vencedor da disputa ganha uma vaga nas quartas – e recebe o desafio de encarar os argentinos do Boca Juniors, que se classificaram na quarta-feira. Como empataram sem gols na ida, em Porto Alegre, vai avançar quem vencer o jogo. Um novo 0 a 0 forçará a disputa de pênaltis e qualquer outro empate dará a vaga aos gaúchos, uma vez que os gols anotados como visitante valem como critério de desempate.

Os dois times chegam em um bom momento para o jogo, já que estão próximos da conquista de seus respectivos campeonatos estaduais. O Flu goleou o Botafogo por 4 a 1 no domingo e praticamente colocou a mão na taça do Campeonato Carioca. Já o Inter arrancou empate por 1 a 1 com o Caxias, fora de casa, e agora vai decidir no Beira-Rio. A previsão é de um jogo muito parelho nesta quinta. “São duas equipes que se conhecem bem e isso acaba fazendo o jogo ficar equilibrado, já que ambos sabem como neutralizar os pontos fortes do rival. A tendência é uma partida decidida nos detalhes”, disse Dorival Júnior, técnico do Internacional.

Abel Braga, técnico do Fluminense, concorda com Dorival. “O Internacional é um grande time e tem todas as condições de aproveitar qualquer vacilo nosso. Por isso, é fundamental que o grupo mantenha a concentração mostrada contra o Botafogo. O Fluminense não pode se descuidar um só minuto, senão vai pagar um preço muito caro e colocar em risco um trabalho de vários meses. Nosso foco está todo nessa partida”, garantiu. Os jogadores do Fluminense pretendem buscar um equilíbrio entre os setores para evitar que o Internacional consiga tirar proveito de algum erro para abrir o placar, o que complicaria a vida dos cariocas. O Inter promete ser ofensivo, já que um gol fora de casa seria um grande passo para a classificação para as quartas de final.

Em relação ao jogo da ida, o Internacional terá uma mudança certa. O lateral esquerdo Kléber, que passou por uma cirurgia para solucionar uma lesão muscular na coxa direita, dá a vaga a Fabrício. O clube deve escalar o meia Oscar, que está liberado para atuar, mesmo travando uma batalha judicial com o São Paulo. No Fluminense, Abel Braga contará com o retorno do zagueiro Anderson e do volante colombiano Valencia, mas não é certo que eles sejam titulares – é mais provável que comecem no banco de reservas. O meia Thiago Neves, apesar das dores no joelho esquerdo, deverá atuar normalmente. Permanecem fora o volante Diguinho e o atacante Wellington Nem, ambos machucados..

(Com agência Gazeta Press)

Continua após a publicidade
Publicidade