Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Fluminense convoca a torcida para partida contra o Internacional

Passado o empate por 1 a 1 com o Santos, o Fluminense volta as suas atenções para a partida deste domingo, às 17 horas (de Brasília), diante do Internacional no Engenhão, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. Com cinco pontos conquistados o Tricolor vai encostar de vez no pelotão de frente em caso de vitória e por conta disso está disposto a tirar proveito de todas as armas que pode ter a sua disposição. A principal delas, na visão dos jogadores, será o apoio da torcida, que foi devidamente convocada.

‘A torcida do Fluminense sempre joga junto com o time e por isso precisamos muito do apoio dela no domingo. Não será um jogo fácil, pois nosso adversário tem muita qualidade e sabe se comportar bem como visitante. Os problemas serão enormes e por isso não podemos abrir mão desse apoio que vem das arquibancadas’, afirmou o zagueiro Anderson.

A necessidade de contar com o apoio da torcida muito se deve a expectativa de uma partida muito equilibrada. Isso porque os tricolores se recordam das dificuldades encontradas nos dois jogos que fizeram contra o Internacional esse ano, pelas oitavas de final da Copa Libertadores. Naquela ocasião o time carioca arrancou o empate sem gols no Rio Grande do Sul para definir a sua classificação no Rio de Janeiro, com um triunfo por 2 a 1, arrancado de forma heróica após começar perdendo o confronto.

– No jogo que fizemos contra o Internacional na Libertadores nós começamos perdendo e depois conseguimos a reação porque a nossa torcida nos deu muito apoio, mesmo quando o placar não era o esperado. Agora, mais uma vez vamos precisar desse carinho e desse apoio, senão a coisa pode se complicar. Será mais um jogo de superação e por isso contamos com o estádio cheio – afirmou o goleiro Diego Cavalieri.

Na visão do lateral esquerdo Carlinhos, a tendência é a partida deste domingo apresentar o mesmo nível de dificuldades. ‘Nós fizemos dois jogos contra o Internacional este ano e o equilíbrio foi a marca das duas partidas. Agora, teremos mais um jogo entre gigantes pelo Campeonato Brasileiro, que se tornou a prioridade para as duas equipes depois da Copa Libertadores. Portanto, a expectativa é de uma partida muito disputada e sem previsão sobre o vencer. O Fluminense vai precisar tirar proveito daquilo que pode ser considerado vantagem, como jogar em casa. Nesse caso o apoio dos nossos torcedores se torna mais uma vez fundamental’, disse Carlinhos.

Para este compromisso a principal atração no Fluminense será o retorno do meia brasileiro naturalizado português Deco, recuperado de um estiramento muscular na coxa direita. Sua volta irá aliviar um pouco a série de desfalques que continuam a atormentar a vida de Abel Braga.

O treinador ainda não poderá usar no domingo o zagueiro Leandro Euzébio, que vem sofrendo com dores por conta de uma hérnia de disco, os volantes Valencia, que se recupera de uma lesão no músculo da coxa direita, e Diguinho, com entorse no tornozelo esquerdo, o meia Thiago Neves, que se submeteu a uma artroscopia no joelho esquerdo, e os atacantes Rafael Sobis, com lesão na coxa direita, Rafael Moura, com dores nao tornozelo direito, e Fred, com um estiramento muscular na coxa direita. Outro desfalque é o atacante Wellington Nem, servindo à Seleção Brasileira que está disputando uma série de amistosos internacionais.

Neste sábado pela manhã os jogadores participam de um treino recreativo, nas Laranjeiras, e depois começa o período de concentração para a partida contra o Internacional.

Fora de campo a diretoria vai intensificar nas próximas semanas as negociações para a permanência do meia Lanzini e do atacante Rafael Sobis, que estão emprestados somente até o meio do ano. O primeiro tem os direitos federativos ligados ao River Plate, da Argentina, enquanto que o segundo ainda é ligado ao Al Jazira, dos Emirados Árabes Unidos.