Clique e assine a partir de 9,90/mês

Flamengo vence o Brasileirão — e conquista o 2º título em 24 horas

Com fracasso do Palmeiras diante do Grêmio, o time rubro-negro conquista o Campeonato Brasileiro

Por Redação - Atualizado em 24 nov 2019, 18h30 - Publicado em 24 nov 2019, 18h02

Flamengo ganhou mais um motivo para comemorar neste domingo, 24. Enquanto ainda festeja o título da Copa Libertadores da América — apesar de um triste episódio entre torcida e policiais nas ruas do Rio de Janeiro — o time rubro-negro se consagrou vitorioso do Campeonato Brasileiro — sem ao menos entrar em campo.

Com 81 pontos conquistados em 34 rodadas, o Flamengo ficou inalcançável após a derrota do então segundo colocado do ranking, o Palmeiras, com 68 pontos. O time alviverde perdeu por 2×1 para o Grêmio nesta tarde, no Allianz Parque. O clube gaúcho marcou o primeiro gol, com um pênalti, aos 22 minutos do segundo tempo, sofrido e batido por Everton Cebolinha. Também com um pênalti, o Palmeiras empatou com um gol de Bruno Henrique. 

O empate da partida, porém, ainda daria o título ao Flamengo. O Palmeiras então correu atrás do segundo gol, mas, no finalzinho, aos 49 minutos, Pepê marcou o segundo do Grêmio, entregando a taça do Brasileirão ao time rubro-negro. 

Com 68 pontos, o Palmeiras caiu para o terceiro lugar Brasileirão, já que perde do Santos no número de vitórias (20 a 19).  O Grêmio, por sua vez, chega aos 59 pontos e detém o quarto posto.

A partida

O Palmeiras conseguiu levar algum perigo ao gol adversário logo no começo da partida. Após cruzamento de Dudu, Geromel furou na tentativa de afastar e a bola ficou para Borja. O centroavante colombiano girou e chutou por cima, apesar dos pedidos de Zé Rafael para receber.

Em um primeiro tempo morno, o Palmeiras voltou a tentar em chute de Bruno Henrique após sobra de Dudu, sem grande perigo. Em nova chegada do time alvierde, o volante Thiago Santos cabeceou por cima em cruzamento oferecido pelo camisa 7.

Continua após a publicidade

O Grêmio, por sua vez, foi ainda mais inofensivo no campo de ataque durante o primeiro tempo e não conseguiu se aproximar do gol defendido por Weverton de maneira consistente. Em um raro chute a gol, Everton Cebolinha viu a bola explodir na marcação.

Pensando em aumentar o poder de fogo do Palmeiras, o técnico Mano Menezes tirou o apagado Borja no intervalo para promover a entrada de Luiz Adriano no comando de ataque. O time paulista, porém, sofria para criar oportunidades, e o volante Thiago Santos era um dos poucos a se destacar.

Aos 21 minutos da etapa complementar, Everton recebeu na grande área e caiu após jogada com Gustavo Gomez, na qual o árbitro Wilton Pereira Sampaio viu pênalti. Na cobrança, o próprio Cebolinha bateu com precisão e aproximou o Flamengo do título.

Aos 35 minutos do segundo tempo, Dudu sofreu carga de Bruno Cortez dentro da área e Wilton Pereira Sampaio marcou mais um pênalti, convertido por Bruno Henrique. Aos 48, Pepê recebeu na esquerda e tocou com categoria na saída do goleiro Weverton para definir a vitória do Grêmio.

Pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Grêmio volta a campo para enfrentar o Athletico-PR às 21h30 (de Brasília) de quarta-feira, na Arena da Baixada. Já o Palmeiras duela com o ameaçado Fluminense às 19h30 de quinta, no Estádio do Maracanã.

(Com Gazeta Press)

Continua após a publicidade
Publicidade