Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Flamengo vai cobrar indenização por tratamento de Willians

O departamento jurídico do Flamengo vai mover uma ação pedindo ao Boavista indenização pelos custos com o tratamento de saúde do volante Willians, que se lesionou no duelo entre as duas equipes, na noite de quarta-feira, pela primeira rodada da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca.

Ainda no primeiro tempo o flamenguista foi atingido pelo meia Tony, sofreu uma entorse no tornozelo direito e deixou o gramado chorando bastante. Por conta do problema, ele vai desfalcar o time no duelo do próximo domingo, às 18h30(de Brasília), diante do Duque de Caxias no Estádio Cláudio Moacyr, em Macaé, também pelo torneio estadual. O atleta é dúvida para a partida contra o Emelec, do Equador, no meio da próxima semana, pela Copa Libertadores.

O lance repercutiu bastante na imprensa e o presidente da Comissão de Árbitros da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro, Jorge Rabelo, afastou o árbitro Felipe Gomes da Silva justamente por ele não ter expulsado Tony, que será julgado pelo Tribunal de Justiça Desportiva. Pelo Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) o atacante do Boavista pode ficar afastado pelo mesmo tempo em que Willians ficar sem jogar.

A diretoria do Boavista comunicou que não vai se opor a pagar as custas do tratamento de Willians, entendo nem haver necessidade de ação judicial. O relacionamento entre os dois clube sempre foi bom, fato lembrado pelos dirigentes de Saquarema. A preocupação, porém, é impedir que Tony passe a ter uma imagem de violento. O jogador, por sinal, pediu desculpas publicamente a Willians.

‘Minha intenção de maneira alguma foi machucá-lo. A partida estava sendo disputada com muita intensidade e infelizmente aconteceu aquele choque. Jogo no Rio de Janeiro há mais de quatro anos e nunca fui desleal com ninguém, muito pelo contrário. Peço desculpas ao Willians’, disse Tony, que já defendeu as cores do Botafogo e do Duque de Caxias.

Além de pedir indenização ao Boavista, o Flamengo vai pesado para cima de Felipe Gomes da Silva. O clube não se contentou apenas com a suspensão imposta ao árbitro e quer que ele seja afastado do quadro da federação. Jorge Rabelo, ao comentar o lance, também se mostrou indignado, mas não comentou o pedido do departamento jurídico do Flamengo.

‘Teve um carrinho no início do jogo que deveria ser coibido. Como consequência, veio o lance em que o Willians se machucou. Era um lance para vermelho e ele nem pode alegar que não viu a jogada, pois marcou falta e deu apenas o cartão amarelo. Com isso, o árbitro vai passar por uma reciclagem para entender mais sobre a questão dos carrinhos’, disse Rabelo.