Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Flamengo quita atrasados, mas segue devendo para Ronaldinho

Com seis dias de atraso, a diretoria do Flamengo pagou os salários do mês de novembro e garantiu uma motivação extra para a última rodada do Campeonato Brasileiro, quando enfrenta o Vasco para definir uma vaga na próxima edição da Copa Libertadores.

A parte do Flamengo nos vencimentos de todos os jogadores do elenco foi depositada nesta quinta-feira, depois de pressão dos bastidores e também do técnico Vanderlei Luxemburgo, que entendia o pagamento como uma urgência na fase decisiva que o clube vive.

A promessa de Michel Lévy, vice-presidente de finanças do clube, era quitar tudo até a última quarta-feira, mas os cofres vazios impediram a realização. De acordo com o dirigente, foi um atraso normal, mas, apesar disso, os valores de luvas dos jogadores ainda não foram pagos e, para alguns, representam a maior parte dos vencimentos.

Já os salários de Ronaldinho, que há três meses não recebe os 75% referentes à empresa de marketing esportivo Traffic, não foram pagos pelo clube, que já buscava viabilizar recursos e furar a parceira, garantindo o bem-estar de Ronaldinho para enfrentar o Vasco.

Dentro de campo, o técnico Vanderlei Luxemburgo deverá definir no treino desta sexta-feira a escalação para o clássico diante do Vasco. No sábado pela manhã um recreativo vai fechar os preparativos. Caso seja derrotado pelo Cruz-maltino, que ainda sonha com a conquista do título, o Flamengo terá que torcer por tropeços de concorrentes diretos, como Coritiba, Figueirense e Internacional.