Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Flamengo planeja reforçar segurança em Porto Alegre

Por Da Redação - 25 out 2011, 20h40

Por AE

Rio – Preocupado com o clima tenso que cerca a partida contra o Grêmio, o Flamengo planeja reforçar a segurança na viagem ao Sul do País. Dirigentes cariocas vão se reunir com a polícia de Porto Alegre para reivindicar mais proteção para Ronaldinho, que deverá ser alvo de manifestações da torcida gremista, domingo, no Olímpico.

A partida vai marcar o reencontro do jogador com os torcedores gaúchos, que ameaçam hostilizar o atleta por ter aceitado a proposta do Flamengo, no seu retorno ao Brasil no início do ano, em detrimento da oferta do Grêmio. Até a direção do clube gaúcho se manifestou pedindo paciência e calma nos protestos contra o meia-atacante.

“Ficamos preocupados com o noticiário envolvendo a torcida deles. O nosso chefe de segurança José Pinheiro vai nesta quinta para Porto Alegre e terá um encontro com o administrador do Olímpico. É nossa obrigação ter este nível de preocupação dada a importância do jogo”, comentou Luis Augusto Veloso, diretor de futebol do Flamengo.

Publicidade