Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Flamengo para no goleiro e fica no empate sem gols com time do MS

Por Da Redação - 3 jan 2012, 22h10

O Flamengo parou em noite inspirada do goleiro Juninho e não conseguiu sair de um empate sem gols diante do modesto Aquidauanense (MS), na noite desta terça-feira, em São Carlos (SP), na estreia do atual campeão na edição 2012 da Copa São Paulo de Futebol Júnior.

O grupo I, pelo qual foi válido o embate, ficou embolado. Também nesta terça, São Carlos, o dono da casa, ficou no 1 a 1 com o União São João, de Araras. Na próxima rodada, os flamenguistas encaram o União, enquanto o time anfitrião terá o rival de Mato Grosso do Sul pela frente.

Desde os primeiros minutos de bola rolando já era possível perceber que a partida não seria daquelas goleadas que costumam povoar a partida entre grandes equipes do futebol brasileiro e pequenos que viajam mais de dez horas para disputar a oportunidade de jogar a Copa São Paulo de Futebol Júnior.

Com muita vontade, os meninos sul-mato-grossenses mostraram um futebol de marcação logo no começo, e colocaram pressão na saída de bola dos cariocas, reforçados por Muralha, Adryan e Thomás, campeões no ano passado e que estiveram em algumas partidas do elenco profissional na temporada 2011.

Publicidade

Os rubro-negros reagiram, ameaçando em dois chutes perigosos de Muralha e Digão, mas ambos pararam no goleiro Juninho. Assim, o duelo acabou indo para o intervalo sem movimentação no placar.

Na etapa final, o Fla voltou disposto a acabar com a alegria do valente adversário. Foi aí que o arqueiro do Aquidauanense ganhou os holofotes. Primeiro, em chute de Muralha, ele espalmou do jeito que deu, abafando tentativa de Thomás no rebote.

Logo na sequência, cobrança de escanteio de Thomás e Yguinho apareceu livre dentro da pequena área para desviar. O gol parecia certo, mas, no reflexo, Juninho fez excelente defesa e livrou o seu time.

O ritmo seguiu igual até o apito final do marcador, que selou uma ótima estreia para a equipe da Região Centro-Oeste, e uma partida com erros a serem revistos pelos atuais campeões do torneio.

Publicidade