Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Flamengo foca vitória contra o Vasco para evitar crise na Gávea

O Flamengo segue os trabalhando duro na semana livre visando o clássico contra o Vasco que acontece neste domingo, às 16 horas (de Brasília), no Estádio do Engenhão, pelas semifinais da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca.

Os jogadores procuram passar um discurso de tranquilidade, assim como o técnico Joel Santana, porém, desde a precoce eliminação na primeira fase da Copa Libertadores, a Gávea se transformou em um caldeirão à beira de uma explosão, que poderia acontecer com uma derrota para o Vasco e consequente eliminação do Estadual.

Se isso acontecer, mudanças ocorrerão no departamento de futebol do clube, já que o técnico Joel Santana dificilmente resistiria a uma nova eliminação. A troca na comissão técnica seria algo imediato, assim como a chegada de um gerente de futebol. O nome de Paulo Angioni, hoje no Bahia, vem sendo cogitado.

A maior parte da conta de uma nova eliminação deverá cair mesmo nas costas de Ronaldinho Gaúcho, perseguido pela torcida e sem ambiente entre os dirigentes, o apoiador hoje é visto pela direção muito mais como um problema do que uma solução. Ao longo desta semana, perguntada sobre a permanência do craque em caso de derrota para o Vasco, Patrícia Amorim não cravou a continuidade do contrato de R10, que se encerra apenas em dezembro de 2014.

‘Acredito que isso é um assunto para depois, pois estamos trabalhando com a classificação para a final da Taça Rio e não com a eliminação no fim de semana. O Ronaldinho tem contrato com o clube, o vínculo está em vigor e estamos fazendo a nossa parte. Não podemos trabalhar levando em consideração o ‘se”, disse Patríci

Os jogadores adotam a linha da presidente e também preferem não pensar em uma cenário de eliminação. ‘Seria muito ruim ficar quase um mês sem jogar e por isso não podemos pensar em perder para o Vasco. Eles ainda estão na Libertadores e nós fomos eliminados’, reconheceu o goleiro Felipe.

Dentro de campo, na manhã desta quinta-feira, Joel Santana comandou uma atividade técnica. Os goleiros Felipe e Paulo Victor ficaram treinando defesas de pênaltis, pois se a partida deste domingo terminar empatada o classificado será conhecido nas cobranças de penais.

Nesta sexta, o treinador comandará o último coletivo antes do jogo e deverá confirmar o time que vai a campo. A tendência é que Rômulo ganhe a vaga de Willians, dúvida por conta de um estiramento muscular na coxa esquerda. Já o meia argentino Darío Bottinelli poderá ser barrado para a entrada do volante Kléberson, o que reforçaria a defesa, a deixando menos vulnerável.

A tendência é o Flamengo entrar em campo no clássico com a seguinte escalação: Felipe, Leonardo Moura, Marocs González, Welinton e Junior Cesar; Rômulo, Luiz Antonio, Kléberson e Ronaldinho Gaúcho; Vagner Love e Deivid.

Fora de campo o Flamengo contratou o lateral direito Wellington, que se destacou pelo Resende no Campeonato Carioca e que estava nos planos do Botafogo. Como tem Leonardo Moura do plantel, o clube deverá emprestar o jovem Galhardo para ganhar experiência.