Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Flamengo faz acordo e vai pagar R$ 17 mi a Ronaldinho

O ex-camisa 10 da equipe carioca entrou com um processo de danos morais por causa de pagamentos atrasados logo quando saiu do clube, em maio de 2012

A novela da ação judicial que Ronaldinho Gaúcho abriu contra o Flamengo, em 2012, finalmente chegou a um fim. Em decisão mediada pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT), da 1ª Região do Rio de Janeiro, a equipe carioca fez um acordo para pagar 17 milhões de reais de indenização ao meia. A aprovação do termo de conciliação entre as partes foi homologada pela juíza Daniela Valle da Rocha Muller.

Ao deixar o clube, Ronaldinho foi à Justiça por danos morais para exigir pagamentos atrasados, que incluem salários, previdência, fundo de garantia e direitos de imagem. Na época, o jogador cobrou uma quantia em torno de 40 milhões de reais. No entanto, em quase quatro anos de negociação do caso, o Flamengo abaixava a cifra para aproximadamente 15 milhões de reais e, só agora, um meio termo foi acertado entre as duas partes.

De acordo com o site da ESPN Brasil, o pagamento do total de 17 milhões de reais será dividido em uma parcela de 5 milhões, com os outros 12 milhões de reais sendo quitados ao longo de dez meses. A conturbada passagem de Ronaldinho no clube carioca durou pouco mais de um ano, de janeiro de 2011 a maio de 2012. Apesar da conquista invicta do Campeonato Carioca de 2011, o ex-camisa 10 do Flamengo saiu brigado com a diretoria e com os torcedores do time.

Leia também:

Ronaldinho escapa de acidente com poste na Índia

De férias, Ronaldinho descarta aposentadoria: ‘Não me passa pela cabeça’

(Da redação)