Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Flamengo elogia Brasília – mas já sonha com o Maracanã

Torcida da capital lotou estádio no domingo, antes do retorno do time ao Rio

O retorno do Flamengo ao Maracanã está previsto para o dia 28 de julho, em clássico contra o Botafogo

O Flamengo ainda terá de disputar outras partidas no Mané Garrincha – o acordo fechado pelo clube prevê outras visitas a Brasília ainda neste ano -, mas e equipe já faz questão de retribuir o apoio da torcida da capital federal antes mesmo de voltar a mandar suas partidas no Maracanã, no Rio de Janeiro. Depois da vitória por 1 a 0 sobre o Vasco da Gama, os jogadores agradeceram o apoio dos mais de 61.000 torcedores que compareceram ao estádio – que encontrou no clube de maior torcida do país uma salvação, ainda que temporária, para evitar que a enorme arena vire um elefante branco desde já. “Esta festa é um exemplo para outros clubes e outros estados”, disse o volante Elias. “Tivemos momentos bons aqui e conseguimos aproveitá-los.”

Leia também:

Na capital federal, nasce o principal elefante branco da turma de 2014

A ilusão das ‘arenas multiuso’, que só dão lucro nas metrópoles

Como ganhar dinheiro com um estádio: lições dos grandes europeus

O lateral Léo Moura, um dos líderes do elenco, presenteou o público com camisas oficiais do Flamengo depois do jogo. “A torcida veio, apoiou e fez a parte dela fora de campo. Dentro dele a gente precisava retribuir, e foi por isso que eu joguei as camisas, para recompensar esse carinho que eles têm tido com a gente aqui em Brasília.” Apesar da gratidão aos brasilienses, os flamenguistas não escondem a satisfação com o iminente retorno ao Maracanã – o clube enfim fechou um acordo com a concessionária que vai administrar o estádio. “Estou feliz em voltar ao Maracanã e acredito que a torcida lá no Rio também vai fazer sua parte”, disse Léo Moura. O retorno do Flamengo ao Maracanã está previsto para o dia 28 de julho, em clássico contra o Botafogo. Antes disso, o time joga em Volta Redonda (pela Copa do Brasil, contra o ASA) e em Caxias do Sul (pelo Brasileirão, contra o Inter).

Acompanhe VEJA Esporte no Facebook

Siga VEJA Esporte no Twitter

(Com agência Gazeta Press)