Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Flamengo busca lateral esquerdo e deve trazer revelação do Carioca

Ao mesmo tempo em que corre atrás da contratação de um lateral esquerdo, a diretoria do Flamengo está muito perto de anunciar o zagueiro Thiago Medeiros, que tem os direitos federativos ligados ao Madureira e foi escolhido, na última segunda-feira, para integrar a seleção do Campeonato Carioca.

Os dois clubes têm bom relacionamento e as bases salariais com o atleta já foram acertadas. Assim, faltam poucos detalhes, como tempo de contrato e percentual para futuras negociações. A tendência é que um desfecho aconteça até o fim desta sexta-feira, com o jogador sendo apresentado no início da próxima semana.Outro nome que está nos planos, já em se tratando de lateral esquerda, e com negociação longe de ser concretizada, é o lateral esquerdo Ramon, que vem sendo pouco aproveitado pelo Corinthians. Os dirigentes rubro-negros já fizeram o primeiro contato. Porém, o destino do jogador parece caminhar para General Severiano, pois o Botafogo está mais perto do acerto em uma transação que pode envolver a ida de Antônio Carlos para o Parque São Jorge.

A lateral esquerda virou uma prioridade no Flamengo por conta da iminente saída de Junior Cesar, que não é titular de Joel Santana e interessa a Atlético-MG e Cruzeiro. Magal, o reserva imediato, ainda não passa confiança a Joel Santana para virar dono da posição. A outra opção seria Rodrigo Alvim, fora dos planos da comissão técnica e que poderá ser envolvido futuramente em alguma negociação, pois é visto como moeda de troca.

O diretor executivo Zinho adota cautela tanto na negociação de saída de Junior César quanto da chegada de outro lateral: ‘Existe o interesse de um clube, mas não posso liberar o jogador e ficar só com um ou dois jogadores na posição. Estou conversando com a minha comissão técnica para avaliar as duas situações’.

Em outras posições, o Flamengo tem como principal empecilho os altos preços. O atacante Hernane, vice-artilheiro do Campeonato Paulista pelo Mogi Mirim, por exemplo, foi sondado, mas a negociação é mais complicada pela existência de outras equipes interessadas – Palmeiras, Grêmio e Flamengo.