Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Fla-Flu tem protesto em solidariedade a Luxemburgo

Flamengo venceu o clássico por 3 a 0 em clima de protesto: em apoio a Luxemburgo, punido por criticar a Federação, jogadores repetiram gesto do treinador

Por Da Redação 5 abr 2015, 21h45

O Flamengo venceu o clássico com o Fluminense por 3 a 0, neste domingo, no estádio do Maracanã, pelo Campeonato Carioca, em jogo marcado por protesto e acusações do atacante Fred, revoltado com sua expulsão ainda no primeiro tempo. Antes da partida, os dois times se manifestaram contra a Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj) e foram a campo com os jogadores exibindo uma tarja preta presa às camisas. Perfilados no gramado, todos os atletas levaram a mão à boca, em protesto solidário ao técnico Vanderlei Luxemburgo, do Flamengo, suspenso por criticar a Ferj.

Suspenso e ‘amordaçado’, Luxemburgo volta a criticar ‘ditadura’ da federação

Mordaça – A torcida também apoiou a manifestação dos jogadores. Nas arquibancadas, muitos repetiram o gesto de Luxemburgo, feito na última sexta-feira, e colaram fitas adesivas na boca. Luxemburgo foi suspenso por dois jogos por “atitude contra a moralidade da competição”, por dizer que era “preciso dar porrada na Federação” por estabelecer um limite de inscrição de apenas cinco atletas das categorias de base no Estadual. Com jogadores lesionados ou convocados para seleções, Luxemburgo gostaria de contar com mais atletas juniores e criticou o regulamento.

Desabafo – Expulso, Fred estava inconformado com a decisão do árbitro Wagner do Nascimento Magalhães e fez duras críticas. “O Carioca tem de acabar. Eu queria saber quem é que mandou isso aí. Acaba o Carioca! Vamos jogar Rio-São Paulo, Sul contra Rio de Janeiro. Enquanto tiver assim, acaba o futebol do Rio de Janeiro.” Aos 28 minutos do primeiro tempo, Fred foi calçado por trás e, na queda, tocou a mão na bola. O árbitro considerou falta do atacante e mostrou o segundo cartão amarelo, expulsando o jogador.

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade