FIVB inocenta Pedro Solberg e arquiva caso de doping

Por Da Redação - 25 out 2011, 16h33

Por AE

Lausanne – A Federação Internacional de Vôlei (FIVB) anunciou nesta terça-feira que o brasileiro Pedro Solberg, um dos principais jogadores de vôlei de praia do mundo, foi inocentado das acusações de doping. Assim, o caso foi arquivado, sem qualquer punição, porque não foi comprovada nenhuma infração. Segundo a entidade, um novo exame na amostra de urina do atleta, realizado em Colonia, na Alemanha, não apontou a presença do esteroide androstane, substância proibida que tinha sido detectada duas vezes, na prova e na contraprova, por um laboratório credenciado no Brasil.

Pedro Solberg passou por exame no dia 30 de maio, no Rio. Em 13 de julho, foi anunciado pela FIVB que o resultado do teste tinha dado positivo, após análise do laboratório brasileiro Ladetec, que é credenciado pela Agência Mundial Antidoping (Wada). Diante disso, ele foi suspenso provisoriamente das competições até o julgamento do caso.

Mas Pedro Solberg alegou inocência e questionou os procedimentos do laboratório no processo de análise do seu exame. Diante do testemunho do médico brasileiro Eduardo de Rose, uma das maiores autoridades mundiais do controle antidoping, que indicou possibilidade de falha do Ladetec nesse caso, a FIVB cancelou a suspensão provisória em agosto.

Publicidade

A FIVB, então, enviou a amostra do atleta para nova análise, agora num laboratório credenciado pela Wada na Alemanha. E, segundo o comunicado divulgado nesta terça-feira, a entidade anunciou que o resultado do exame feito em Colonia deixa Pedro Solberg “livre de qualquer suspeita”. “Não há evidência de violação das regras antidoping”, diz a nota oficial.

“A FIVB vai pedir agora para que a Wada investigue a razão desses resultados contraditórios. Nós acreditamos que eles irão olhar cuidadosamente para esse infeliz acidente, e terão sucesso em harmonizar os procedimentos usados em todos os laboratórios”, disse o presidente da comissão médica da entidade, Roald Bahr, através do mesmo comunicado.

Filho da ex-jogadora Isabel e irmão de Maria Clara e Carolina, que formam uma dupla no vôlei de praia, Pedro Solberg tem 25 anos. Jogando ao lado de Harley, ele foi campeão do Circuito Mundial em 2008. Também já fez parceria com Ricardo e Pedro Cunha, mas joga atualmente com Ferramenta – na última etapa da temporada, realizada no começo de outubro, no Marrocos, os dois conquistaram a medalha de bronze.

Publicidade