Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Final da Liga Europa é um dos jogos mais importantes da carreira, diz Diego

Madri, 3 mai (EFE).- Campeão brasileiro, português, da Copa América e do Mundial de Clubes, entre vários outros títulos conquistados, o meia Diego vive a expectativa de disputar na próxima quarta-feira a final da Liga Europa, a primeira defendendo o Atlético de Madri.

A partida contra o Athletic Bilbao está marcada para a próxima quarta-feira, no Estádio Nacional de Bucareste. Se vencer, o Atlético será bicampeão, repetindo a conquista de duas temporadas atrás.

‘Será uma das partidas mais importantes da minha carreira. Estamos perto de nosso objetivo, e seria uma satisfação extraordinária (ser campeão)’, declarou o brasileiro, que destacou: ‘Jogar esta final significa ter o objetivo quase alcançado. O futebol é resultado e é feito de títulos’.

O meia de 26 anos já esteve próximo de disputar a decisão da Copa da Uefa, precursora da Liga Europa, mas não pôde entrar em campo pelo Werder Bremen em 2009 porque estava suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

‘As finais são partidas especiais. Eu tive uma oportunidade com o Werder, mas não joguei porque estava com três cartões. Agora estou em outra e espero ganhá-la, porque é um título muito importante’, comentou

Por sua vez, o volante Paulo Assunção opinou que o Atlético merece o título por ter um grupo forte, que vem trabalhando duro para ser campeão.

‘Quando mudei de equipe, as pessoas diziam que estava dando um passo para trás. Acho que não foi nada disso. Estou aqui há quatro anos e vou para minha terceira final. Sou muito feliz por estar aqui’, declarou o brasileiro, que em 2008 trocou o Porto pela equipe madrilenha.

‘Agora esperamos cumprir nosso objetivo, que é ganhar. Será uma partida dura porque o Athletic tem também muito bons jogadores’, acrescentou.

Outro brasileiro que disputará a final é o zagueiro Miranda, que resumiu a importância de uma vitória na próxima quarta-feira na Romênia: ‘Só se lembra do vencedor. Estou preparado para chegar a essa final e vencê-la’. EFE