Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Fim de jejum de vitórias alivia o clima no Cruzeiro

Por AE

Belo Horizonte – O triunfo diante do Atlético-GO, no último domingo, encerrou um jejum de 11 partidas sem vitória do Cruzeiro no Campeonato Brasileiro e alterou o clima no clube. A equipe mineira, que ainda luta contra o rebaixamento – está em 15º lugar, com apenas 34 pontos -, começou a semana com um astral diferente, o que foi exaltado pelo técnico Vágner Mancini.

“Felizmente, a gente iniciou uma semana de uma forma diferente, com mais alegria, com mais motivação. Não que nas outras a gente não estivesse buscando isso, mas, acima de tudo, essa a gente iniciou vindo de uma vitória suada, sofrida, de uma maneira muito intensa. Então, o atleta, assim como todos nós, que vivemos o dia a dia do Cruzeiro, estamos felizes nesse momento, mas sabendo também que já passou”, declarou o treinador.

A mudança de ânimo atingiu também a torcida, que compareceu em massa no treino aberto ao público que foi realizado nesta quarta-feira. Cerca de 1.500 cruzeirenses foram à Toca da Raposa I demonstrar seu apoio ao grupo e empurrar os jogadores, já pensando na próxima rodada do Campeonato Brasileiro, quando o time mineiro enfrenta o Botafogo, sábado, no Engenhão.

“Estamos vivendo o jogo contra o Botafogo, e é muito importante que todos estejam centrados naquilo que deve acontecer no sábado, que deve ser mais um jogo duro”, disse o treinador, que não escondeu que também já projeta a partida diante do Flamengo, novamente no Engenhão, no dia 6 de novembro.

“Conquistar seis (pontos) seria excelente, quatro seria muito bom. Mas temos que viver um dia após o outro, depende muito do que for a história de cada jogo. De repente, a gente está perdendo e empata, e acaba sendo um ponto valioso. Vamos deixar para ser jogado. A única coisa que eu posso adiantar é que o ânimo de todo mundo está muito mais voltado para conseguir mais vitórias”, afirmou Mancini.