Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Figueirense: goleiro falha, deixa estádio de táxi e é demitido

Passagem do experiente Fábio pelo clube catarinense durou apenas 45 minutos

Um fato bastante incomum marcou a derrota do Figueirense por 2 a 0 para o Boa Esporte, na noite desta terça-feira, em Florianópolis, pela Série B do Campeonato Brasileiro. O experiente goleiro Fábio fez sua estreia pela clube catarinense e, 45 minutos, deixou o Figueirense – de táxi.

Fábio, de 38 anos, falhou feio em um gol marcado por Douglas Assis, aos 24 minutos do primeiro tempo. O zagueiro do Boa Esporte levantou a bola para a área de muito longe e, atrapalhado pelo campo bastante molhado do estádio Orlando Scarpelli, o goleiro não conseguiu segurar e a bola entrou direto no gol, sem tocar em ninguém.

Veja também

Pouco antes do intervalo, o Boa ainda ampliou com o meia Fellipe Matheus, cobrando pênalti. Na volta para o segundo tempo, a torcida estranhou a alteração do técnico Márcio Goiano, que trocou Fábio por Thiago Rodrigues. Após a partida, o superintendente de esportes do clube, Carlos Arini, explicou a situação e disse que Fábio não atuaria mais pelo Figueirense.

Segundo o dirigente, Fábio alegou problemas pessoais e pediu para sair. O jogador ainda pegou um táxi ainda no intervalo e sequer acompanhou o segundo tempo da partida. “Estou há muito tempo no futebol, mas há situações que são inusitadas. (…) A contratação do Fábio foi avalizada, quem o trouxe fui eu. Trabalhei com ele em 2008, sempre teve personalidade. Mas a partir do momento que ele deixa o time no intervalo, por uma falha que acontece, ou por problemas psicológicos, extracampo, que não sabíamos… Ele não faz mais parte do elenco.”

Carlos Arini disse ter conversado com Fábio e assumiu sua parcela de responsabilidade pelo ocorrido. “Ele me pediu desculpas, pediu para pedir desculpas a todo mundo. Mas o principal sou eu pedir desculpa para o torcedor, para todos. Realmente a gente nem sempre acerta, a responsabilidade da contratação deste jogador e do que aconteceu é minha.”

Fábio é um dos mais experientes jogadores em atividade no futebol brasileiro, com passagens por clubes como Portuguesa, Goiás, Ponte Preta, Criciúma e São Caetano. Desde 2015, estava no Ituano, clube pelo qual disputou o Campeonato Paulista de 2017.

(com Estadão Conteúdo)