Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Figueirense ganha do Grêmio por 3 a 1 no Olímpico

Por Da Redação 12 out 2011, 18h38

Por Elder Ogliari

Porto Alegre – O Figueirense venceu o Grêmio por 3 a 1, nesta quarta-feira, em pleno Estádio Olímpico, em Porto Alegre. Com a grande vitória fora de casa, o time catarinense chegou aos 41 pontos, ultrapassando o adversário gaúcho, que ficou com 39, e sonha até com uma difícil vaga na Libertadores.

A vitória do clube catarinense em território gaúcho confirma uma escrita que se aproxima de uma década. Enquanto outros times costumam sofrer para conseguir bons resultados no Olímpico, o Figueirense faz do estádio seu salão de festas e não sai dele derrotado desde 2003.

Embora tenha dominado boa parte do primeiro tempo, o Grêmio não teve qualidade para a jogada final. O time gaúcho conduzia a bola, mas passava a errar passes e lançamentos quando se aproximava da área adversária. André Lima e Marquinhos até que tiveram chances de abrir o placar, mas suas conclusões foram defendidas pelo goleiro Wilson.

Embora com menor tempo de posse de bola, o Figueirense era mais perigoso quando chegava ao ataque. E confirmou sua eficiência aos 34 minutos, quando Aloisio recebeu passe de Pablo e abriu o placar. Logo depois, aos 37, Juninho arrancou pela esquerda e tocou para Elias concluir. Victor fez defesa parcial, mas não evitou que a bola rolasse mansamente para o fundo das redes: 2 a 0.

Na tentativa de reagir, Marquinhos e Douglas chegaram a acertar dois chutes na trave, mas o gol gremista não saiu no primeiro tempo. O Grêmio tentou pressionar na segunda etapa. E continuou errando, provocando murmúrios de desaprovação da torcida.

Mesmo assim, o Grêmio descontou aos 24 minutos, em jogada de Douglas, que cruzou para a área, onde o zagueiro Edcarlos marcou de cabeça. Mas o time gaúcho nem teve tempo para esboçar qualquer reação. Aos 29, Wellington Nem fez linda jogada, passou por Gilberto Silva e Victor e, quase sem ângulo, marcou o terceiro do Figueirense.

Diante do desânimo gremista, o mesmo Wellington Nem poderia ter transformado a vitória do Figueirense em goleada. Aos 41 minutos, ele se viu livre diante do goleiro Victor, mas mandou a bola para fora. Mesmo assim, o time catarinense comemorou uma grande vitória no Olímpico.

Continua após a publicidade

FICHA TÉCNICA:

Grêmio 1 x 3 Figueirense

Grêmio – Victor; Mário Fernandes, Edcarlos, Rafael Marques (Gilberto Silva) e Julio Cesar; Fábio Rochemback, Fernando, Douglas, Marquinhos (Diego Clementino) e Escudero (Miralles); André Lima. Técnico: Celso Roth.

Figueirense – Wilson; Pablo (João Paulo), Edson Silva, Roger Carvalho e Juninho; Ygor, Túlio (Jonatas), Coutinho e Elias; Wellington Nem e Aloisio (Rhayner). Técnico: Jorginho.

Gols – Aloísio, aos 34, e Elias, aos 37 minutos do primeiro tempo; Edcarlos, aos 24, e Wellington Nem, aos 29 minutos do segundo tempo.

Árbitro – Rodrigo Braghetto (SP).

Cartões amarelos – Edcarlos e Ygor.

Renda e público – Não disponíveis.

Local – Estádio Olímpico, em Porto Alegre.

Continua após a publicidade

Publicidade