Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Fifa estuda exclusão definitiva de Rússia e clubes do país, diz jornal

Banimento do quadro da entidade repetiria o que ocorreu com a África do Sul na época do apartheid; conselho discutirá sobre nova sanção

Por Da Redação 30 mar 2022, 12h23

Ainda em guerra na Ucrânia, a Rússia pode sofrer outra grave sanção disciplinar no futebol. De acordo com o jornal espanhol As, o Conselho da Fifa se reunirá nesta quarta-feira, 30, para discutir sobre a exclusão definitiva dos russos do quadro da entidade. A nova medida que impediria o país – inclusive os clubes – de poder disputar competições ou partidas por tempo indeterminado.

Vale lembrar que, recentemente, a Rússia foi banida de disputar a Copa do Mundo do Catar e os clubes russos de participarem de competições organizadas pela Fifa ou Uefa.

Segundo a reportagem, o precedente da entidade para a medida é o caso da África do Sul, impedida de participar das competições internacionais por mais de 31 anos – entre 1961 e 1992 – por causa da política racista do apartheid.

Os russos, por sua vez, não acreditam em uma nova sanção: “nunca houve interferência do governo em nossa federação, nem mesmo agora”, explicou um porta-voz da União Russa de Futebol (RFU, na sigla original).

No último dia 23, a federação local surpreendeu ao manifestar desejo de lançar candidatura para sediar a Eurocopa de 2028 ou de 2032. O pleito precisará ser submetido à Uefa, mas conta apoio do governo local.

Ainda não há clareza para qual edição o governo do país deseja pleitear a organização do torneio. Se for para 2028, concorrerá contra Reino Unido e Irlanda. Para 2032, disputaria contra a Itália. A Turquia é outro país que pode aumentar a concorrência para 2028. O estádio Luzhniki, palco da final da Copa do Mundo de 2018, foi utilizado recentemente para um comício de apoio ao presidente Vladimir Putin.

Excluída da repescagem da Copa de 2022, a seleção russa tentou recorrer na Corte Arbitral do Esporte (CAS), a última instância do direito desportivo, para seguir com chances de ir ao mundial. Em paralelo, o Spartak Moscou, único time do país que participava de competição europeia, foi excluído da Liga Europa. Já a seleção feminina fica impedida de disputar a Eurocopa, em junho.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês