Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Fifa elogia evolução baiana para Copa das Confederações

Por AE

Salvador – Quando anunciou as cidades brasileiras que serão sede dos jogos da Copa das Confederações de 2013, em outubro do ano passado, a Fifa deixou em aberto a participação de Recife e Salvador – enquanto isso, Brasília, Belo Horizonte, Fortaleza e Rio já foram confirmadas. Mas o secretário-geral da entidade, Jérôme Valcke, elogiou nesta terça-feira a evolução das obras na capital baiana, mostrando otimismo com a inclusão da mesma no calendário do torneio.

“Não estamos cobrando que as cidades estejam prontas agora, mas, pelo que tenho visto, Salvador estará em condições de receber a Copa das Confederações”, afirmou Valcke, após fazer uma visita de vistoria na capital baiana na tarde desta terça-feira, em comitiva que contou também com a presença do ex-jogador Ronaldo, que é membro do Conselho de Administração do Comitê Organizador Local (COL) da Copa de 2014, e do ministro do Esporte, Aldo Rebelo.

A decisão da Fifa sobre a inclusão de Recife e Salvador na Copa das Confederações será anunciada apenas em junho, como reforçou Valcke nesta terça-feira, mas as duas cidades estão trabalhando em ritmo intenso para poderem se juntar a Brasília (sede da abertura), Fortaleza, Belo Horizonte e Rio (palco da final). Em ambos os casos, o principal empecilho é a conclusão das obras de construção do estádio: a Fonte Nova e a Arena Pernambuco.

Salvador foi a segunda parada da visita da comitiva liderada por Valcke pelas sedes brasileiras da Copa do Mundo de 2014, depois da passagem por Fortaleza na manhã desta terça-feira. E o balanço até agora parece ser bastante positivo. “É impressionante o que vimos hoje (terça-feira). Não há razão para não acreditar que os estádios serão entregues para a Copa das Confederações e a Copa do Mundo”, afirmou o secretário-geral da Fifa.