Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Fifa diz que Teixeira ainda é membro de comitê executivo

Entidade lembrou que o ex-presidente da CBF foi eleito pela Conmebol para integrar o órgão, inicialmente em 1994

Por Da Redação 13 mar 2012, 11h45

Um dia depois de Ricardo Teixeira anunciar sua renúncia definitiva ao cargo de presidente da CBF, que passou a ser ocupado por José Maria Marin, a Fifa anunciou oficialmente nesta terça-feira que o dirigente ainda segue como membro do seu comitê executivo. A entidade esclareceu que “não recebeu nenhum comunicado oficial da parte do próprio dirigente ou da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) relativamente a essa atribuição”.

A Fifa revelou que recebeu na noite da última segunda-feira uma confirmação por escrito enviada por Teixeira, na qual o dirigente notificou a sua saída da CBF e também a renúncia ao cargo de presidente do Comitê Organizador Local (COL) da Copa de 2014. Nesta mesma notificação, o ex-mandatário confirmou que Marin o substituirá nos dois cargos. Acervo Digital VEJA: Ricardo Teixeira, 23 anos de poder e polêmicas na CBF Para justificar a permanência de Teixeira em seu comitê executivo neste momento, a Fifa lembrou que o ex-presidente da CBF foi eleito pela Conmebol para integrar o órgão, inicialmente em 1994. E a entidade que dirige o futebol sul-americano precisa se posicionar em relação à condição do ex-mandatário dentro do comitê. A saída de Teixeira do Comitê Executivo da Fifa deve ser confirmada em breve, pois o ex-dirigente não exercerá mais suas antigas funções na CBF e no COL. Além disso, ele não vinha mantendo uma boa relação com Joseph Blatter, presidente da Fifa. Com problemas de saúde, outro fato alegado por Teixeira para deixar o comando da CBF, ele deve ficar afastado de atividades ligadas ao futebol. Leia também: Sem Teixeira, começa luta pelo poder no futebol brasileiro (Com Agência Estado)

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)