Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Fifa destaca fanatismo de corintianos na despedida em SP

Por Da Redação 4 dez 2012, 11h00

Os cerca de 15.000 corintianos que foram ao Aeroporto de Cumbica na noite de segunda-feira para se despedir do time antes do Mundial de Clubes acabaram virando notícia no site oficial da Fifa, que destacou o “fanatismo dos torcedores” do clube, afirmando que “a loucura corintiana não cessa”. A Fifa também comparou a presença da torcida no aeroporto à “invasão corintiana” de 1976, quando cerca de 70.000 torcedores saíram de São Paulo rumo ao Maracanã para acompanhar o empate por 1 a 1 contra o Fluminense, na semifinal do Campeonato Brasileiro. “Já no início da noite, as pistas da Rodovia Ayrton Senna lembravam a procissão vivida na Rodovia Dutra na inimitável invasão de 1976”, diz o texto publicado pela Fifa.

A despedida no aeroporto, porém, não foi só festa: houve confusão com a Polícia Militar, que entrou em confronto com os torcedores na área externa do aeroporto. Foram usados gás lacrimogêneo e balas de borracha. O conflito tumultuou ainda mais o aeroporto, que também enfrentou problemas por causa do mau comportamento de parte da torcida no saguão de embarque, tomado por corintianos. Alguns deles se recusavam a deixar o local, ignorando ordens da PM. Os usuários do aeroporto ficaram assustados e a situação só se normalizou na madrugada. O voo da delegação, com destino a Dubai, decolou à 1h25 desta terça. A delegação chegaria a Dubai nesta quarta. Nos Emirados, o time faz um treino antes de seguir viagem até Tóquio, na quinta. A estreiano Mundial, contra rival a ser definido, está marcada para o próximo dia 12, em Toyota.

(Com agência Gazeta Press e Estadão Conteúdo)

Publicidade