Clique e assine com 88% de desconto

‘Ficamos devendo’, admite Roth após derrota do Cruzeiro

Por Da Redação - 26 jul 2012, 09h44

Por AE

São Paulo – O técnico Celso Roth admitiu que o Cruzeiro teve uma atuação pior do que a esperada na derrota por 2 a 0 para o Corinthians, na noite da última quarta-feira, no Pacaembu, pela 12.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O treinador lamentou o pênalti cometido por Sandro Silva em Jorge Henrique, que resultou no gol de Chicão e acabou sendo determinante para a queda de rendimento da equipe mineira.

“Eu acho que o nosso primeiro tempo não foi bom, principalmente depois do gol. Aí o time se desarticulou um pouquinho, erramos infantilmente no gol, e o gol é fator de desequilíbrio. Tomamos o gol e aí o Corinthians teve um volume por uns 10 minutos. Quando nós fizemos a modificação e colocamos o Fabinho, aí o time se equilibrou de novo, mas não conseguiu chegar (ao empate)”, lamentou o comandante.

Roth ainda se rendeu ao bom momento vivido pelo Corinthians, que soube administrar a vantagem de 1 a 0 e ainda selou o placar no finalzinho do confronto com um golaço marcado por Paulinho em belo chute de fora da área.

Publicidade

“No segundo tempo, nós colocamos o Wellington e o Borges definitivamente na frente, e o Corinthians usou aquilo que mais sabe fazer: puxou o time para trás e passou a jogar nos contra-ataques, porque tem jogadores rápidos. Assim mesmo nós conseguimos controlar o jogo. Levamos um gol absolutamente fora do contexto no final do jogo, mas é qualidade, qualidade do jogador do Corinthians, o Paulinho. Ficamos devendo. Não jogamos como nós vínhamos jogando fora de casa”, completou.

E, além da derrota sofrida diante dos corintianos, Roth lamentou os desfalques que ganhou para o confronto do próximo domingo, contra o Palmeiras, às 18h30, no Estádio Independência, em Belo Horizonte. O zagueiro Léo e o volante Sandro Silva receberam o terceiro cartão amarelo e terão de cumprir suspensão.

Entre os suspensos, Sandro Silva foi penalizado com um cartão pela primeira vez como jogador do time cruzeirense, mas ficará fora do confronto de domingo pelo fato de que havia recebido outros dois amarelos pelo Internacional, sua ex-equipe, nos jogos contra São Paulo e Botafogo neste Brasileirão. Em compensação, o Cruzeiro terá o retorno do volante Charles, que cumpriu suspensão diante do Corinthians.

Publicidade