Clique e assine com 88% de desconto

Fiasco em acordo olímpico humilha britânicos, diz G4S

Por Da Redação - 17 jul 2012, 12h37

Por AE-AP

Londres – A falha do grupo de segurança G4S no momento de cumprir com as suas obrigações firmadas com os organizadores dos Jogos Olímpicos de Londres tornou-se uma humilhação nacional, reconheceu nesta terça-feira o executivo-chefe da empresa, Nick Buckles, pressionado por parlamentares britânicos.

Quando um painel de legisladores o questionou sobre a incapacidade de recrutar pessoal suficiente para os Jogos Olímpicos de Londres, ele assumiu a sua culpa. “É um desastre humilhante para o país, certo?”, perguntou o legislador David Winnick, do Partido Trabalhista. “Eu não posso discordar de você”, respondeu Buckles.

Buckles foi duramente pressionado para explicar por que sua empresa não informou antes da falha no recrutamento de pessoal para fazer a segurança em Londres, o que forçou o governo a chamar 3,5 mil policiais e soldados adicionais de distintas forças para preencher as vagas. A G4S disse que espera perder entre 35 e 50 milhões de libras em razão do não-cumprimento do contrato, equivalente a cerca de 12% dos lucros anuais.

Publicidade