Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

FIA rejeita protestos e reafirma legalidade do sitema da Mercedes

Por Da Redação 22 mar 2012, 12h10

Para a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) as reclamações das escuderias Red Bull e Lotus sobre o duto frontal do carro W03, da Mercedes, não precedem. A entidade máxima do automobilismo manteve a decisão e garantiu a legalidade do sistema. As informações são da publicação britânica Autosport.

O que motivou as reclamações foi a desconfiança de que o sistema é ativado pela asa móvel com o envolvimento do piloto, o que não é permitido pelo regulamento da Fórmula 1.

Entretanto, a FIA reforçou sua confiança na legalidade do duto frontal, haja vista se tratar de um recurso passivo, segundo a entidade. O sistema já havia sido defendido por Charlie Whiting, delegado técnico e diretor de corridas, durante a realização do GP da Austrália, no último final de semana.

‘É completamente passivo. Não há partes móveis. Não interage com a suspensão. Nenhuma direção, nada. Portanto, não posso ver uma regra que proíba isso’, afirmou o dirigente. Com a aprovação do mecanismo, outras equipes podem copiá-lo caso se sintam em desvantagem.

Continua após a publicidade

Publicidade