Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

FIA monitora avanço de tufão que ameaça o GP do Japão

Chamado de Phanfone, ele avança sobre o Pacífico – e poderá atingir Suzuka

A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) informou nesta quinta-feira que está monitorando atentamente a situação do tufão Phanfone, que avança sobre o Oceano Pacífico e poderá atingir o circuito de Suzuka no próximo domingo, quando será disputado o Grande Prêmio do Japão. Caso o tufão ganhe força nos próximos dias, existe a possibilidade de que a FIA altere o horário da corrida, marcada inicialmente para as 3 horas (de Brasília) de domingo. A tendência é de que a entidade aguarde pelo menos mais 24 horas antes de anunciar qualquer decisão.

Leia também:

F1: piloto de 16 anos é liberado para treinos em Suzuka

Dirigentes querem que pilotar carro de F1 fique mais difícil

F1: Felipe Massa já pensa em aposentadoria na Williams

Hamilton vence GP de Cingapura; Massa é o 5º

Há dez anos, a aproximação de um tufão levou os organizadores da Fórmula 1 a cancelar as atividades programadas para sábado no Japão. Na ocasião, o treino classificatório foi disputado na manhã de domingo, momentos antes da prova. Recentemente, em 2010, a erupção de um vulcão na Islândia espalhou cinzas pela Europa e comprometeu o deslocamento de algumas equipes para o GP da Espanha. Se tudo correr bem, os carros irão para a pista de Suzuka já na noite desta quinta-feira, às 22 horas, pelo horário de Brasília, para a primeira sessão de treinos livres.

Próximas provas
Data Local Autódromo
05/10 Japão Suzuka
12/10 Rússia Sochi
02/11 Estados Unidos Austin
09/11 Brasil Interlagos
23/11 Abu Dhabi Yas Marina
As equipes e pilotos
Equipe Pilotos
Red Bull Sebastian Vettel (Alemanha) Daniel Ricciardo (Austrália)
Ferrari Fernando Alonso (Espanha) Kimi Raikkonen (Finlândia)
McLaren Jenson Button (Grã-Bretanha) Kevin Magnussen (Dinamarca)
Lotus Pastor Maldonado (Venezuela) Romain Grosjean (França)
Mercedes Nico Rosberg (Alemanha) Lewis Hamilton (Grã-Bretanha)
Sauber Esteban Gutiérrez (México) Adrian Sutil (Alemanha)
Force India Nico Hulkenberg (Alemanha) Sérgio Pérez (México)
Williams Felipe Massa (Brasil) Valtteri Bottas (Finlândia)
Toro Rosso Daniil Kvyat (Rússia) Jean-Eric Vergne (França)
Caterham Andre Lotterer (Alemanha) Marcus Ericsson (Suécia)
Marussia Jules Bianchi (França) Max Chilton (Grâ-Bretanha)

(Com agência Gazeta Press)