Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ferrari e Mercedes brigam para contratar Mick, filho de Schumacher

De acordo com a 'Motorsport', jovem piloto de 19 anos estaria mais propenso a seguir os passos do pai em Maranello

As rivais Mercedes e Ferrari, além de brigar nas pistas da Fórmula 1, lutam atualmente para contratar o prodígio Mick Schumacher, filho do heptacampeão Michael Schumacher. Vencedor da Fórmula 3 europeia, o alemão de 19 anos atrai o interesse das equipes para um projeto de jovens pilotos, segundo informações divulgadas nesta quinta-feira, 13, pela versão italiana da revista Motorsport. Mick estaria mais propenso a seguir os passos do pai na escuderia de Maranello.

No último mês, Mick Schumacher assinou com a equipe Prema para disputar a Fórmula 2, principal categoria de acesso à Fórmula 1. O piloto conseguiu bons resultados em 2018, conquistando o título da Fórmula 3, também pela Prema. A evolução do piloto o tornou alvo das duas principais escuderias da F1, atualmente.

O chefe da Ferrari, Maurizio Arrivabene, demonstrou interesse em adquirir o filho de Schumacher para a equipe italiana. “Com um nome (Schumacher) que faz parte da história da Ferrari, é óbvio que a porta estará sempre aberta para ele, mas sem pressão”, comentou.

Pela Ferrari, Michael Schumacher conquistou cinco títulos consecutivos da F1 e se tornou o maior detentor de troféus da história da principal categoria do automobilismo. O ex-piloto de 49 anos sofreu um grave acidente em 2013, enquanto esquiava nos Alpes Franceses, e teve diversas lesões cerebrais. Sua família optou por preservá-lo ao máximo e seu real estado de saúde segue desconhecido.