Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Fernando e David Luiz prometem garra contra os ingleses

Atletas da seleção brasileira só pensam na vitória no domingo, no Maracanã

“Não fiz aposta nenhuma com meus amigos do Chelsea, até porque o jogo vale muito”, disse David Luiz, em tom ríspido. “E o Brasil vai ganhar”

Na véspera do amistoso contra a Inglaterra, na reabertura do Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, o zagueiro David Luiz e o volante Fernando deixaram claro: a seleção brasileira não pensa em outro resultado que não seja a vitória na partida, que serve de preparação para a Copa das Confederações. “Esse amistoso vale muito para nós. É um jogo grandioso para o mundo inteiro, ainda mais sendo no Maracanã”, garantiu o defensor do Chelsea, em entrevista coletiva concedida neste sábado. Já Fernando lembrou que o amistoso contra os ingleses e a partida da semana que vem, contra a França, são oportunidades únicas para melhorar o entrosamento do elenco. “Na competição não temos muito tempo para ajustar a equipe. Os amistosos são muito importantes por isso: dá ajustar o que estiver errado e garantir o que já está certo. Nosso time tem muita qualidade e temos que colocá-la em prática”, disse o jogador do Grêmio. Fernando lembrou ainda que uma vitória no domingo dará mais confiança à equipe, que não vem praticando um grande futebol.

Leia também:

Felipão comanda primeiro coletivo, e Lucas ganha chance

Seleção treina com Nike para torneio que usa bola Adidas

Lucas, sobre a seleção: ‘Estamos abaixo dos nossos rivais’

Seleção enfim recebe os convocados de Bayern e Atlético

Acompanhe VEJA Esporte no Facebook

Siga VEJA Esporte no Twitter

O atleta do Chelsea, que conhece bem os jogadores da seleção inglesa, prevê um amistoso duro, mas não acredita num rival tão ousado quanto aquele que venceu a partida realizada em 6 de fevereiro, em Londres, por 2 a 1, na reestreia de Felipão. “É uma equipe forte, mas eu penso que vão esperar mais, até por causa do clima quente daqui”, disse David Luiz. “Eles vão aguardar o Brasil tomar a iniciativa para depois sair no contra-ataque.” O zagueiro elogiou bastante o oponente, dizendo que o atual time inglês está mais maduro e experiente. “Não sei se é a melhor seleção inglesa, mas é diferente da do passado. Tem jogador que sabe colocar a bola no chão, tem habilidade, não joga mais só com bolas sobre a área”, analisou. Companheiro de Ashley Cole, Cahill e Lampard no time inglês, David Luiz diz não ter feito nenhuma aposta para o jogo entre as duas seleções e até demonstrou irritação ao ser questionado sobre isso. “Não fiz aposta nenhuma, até porque o jogo vale muito”, disse, em tom ríspido. “E o Brasil vai ganhar.”

(Com agências EFE e Gazeta Press e Estadão Conteúdo)