Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Fernando Alonso nega acusação de fraude fiscal e diz que entrará na Justiça

Piloto espanhol da McLaren garante que pagou todos os impostos na Suíça

O piloto espanhol Fernando Alonso, da McLaren, afirmou que entrará na Justiça para tirar seu nome de uma lista de suspeitos de sonegação fiscal, oriunda de uma investigação chamada de Swiss Leaks ou Lista Falcioni, que inclui ainda nomes pessoas ligadas ao esporte, como Michael Schumacher, Flavio Briatore, Diego Forlán e Marat Safin, entre outras personalidades do esporte.

O caso teve início quando Hervé Falcioni, ex-funcionário da filial suíça do banco HSBC, vazou dados confidenciais às autoridades francesas, denunciando irregularidades na empresa. A investigação foi revelada no último domingo pelo Consórcio Internacional de Jornalismo Investigativo (ICIJ, em inglês) em parceria com o jornal francês L’Équipe.

Leia também:

Schumacher e Alonso aparecem em lista de suspeitos de evasão fiscal

Em nota, Alonso disse que as acusações representam um grande dano à sua imagem. “Fernando Alonso Díaz ordenou a seus advogados a imediata e urgente interposição de várias demandas por infração ao seu direito de honra diante a distintos meios de comunicação como consequência da publicação de informações em que se vincula sua imagem a eventuais delitos fiscais e a posse de patrimônios não declarados às autoridades fiscais competentes”, diz parte do comunicado.

Em entrevista ao diário espanhol Marca, um assessor afirmou que Alonso pagava todos os impostos enquanto morava na Suíça. O piloto de 33 anos teve conta no HSBC entre 2002 e 2010 (a investigação foca em informações de 2005 a 2007), voltou a morar na Espanha em 2011 e chegou a brincar sobre sua saída do país, conhecido como um paraíso fiscal. “Não sou pobre agora, sou apenas menos rico.” “Fernando vivia na Suíça e pagava ali. Nunca teve nada na Espanha desde que foi viver na Inglaterra com uma mão na frente e outra atrás. O fisco nunca nos pediu nada. Coloca-se sob suspeita um comportamento inatacável que Fernando teve durante todos esses anos”, disse o assessor do piloto.

Leia também:

McLaren apresenta carro, sem retorno às tradições

F1: Raikkonen é o mais rápido no último treino. Massa é 5º

F1: Renovada, Ferrari apresenta carro ‘sexy’ para 2015

McLaren – Na manhã desta terça-feira, o espanhol esteve em um evento em Tóquio, no Japão, para apresentar o novo carro da McLaren, o MP4-30, aos fabricantes da Honda, que refez parceria com a escuderia. Alonso se disse satisfeito com os primeiros testes em Jerez de la Frontera, na Espanha, na semana passada.

“Foi uma honra ser o primeiro a estrear esta nova McLaren Honda, dar as primeiras voltas com o carro e começar este desafio tão importante. Depois de muitos anos na F1, volto a sentir uma nova motivação, a adrenalina de competir no nível mais alto com a melhor equipe possível.” A McLaren voltará às pistas entre 19 e 22 de fevereiro, quando acontecerão os treinos coletivos de Barcelona, na Espanha.

(Com Gazeta Press)