Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Felipe França brilha e leva três ouros no Mundial de Doha

Destaque do segundo dia de competições, nadador paulista venceu as provas mista e masculina do revezamento 4x50m medley e os 100m nado peito

Por Da Redação - 4 dez 2014, 16h00

O Brasil encerrou o segundo dia do Mundial de Piscina Curta, em Doha, no Catar, com três medalhas de ouro, todas com participação fundamental de Felipe França. Primeiro, o nadador paulista brilhou ao lado de Cesar Cielo, Guilherme Guido e Nicholas Santos e quebrou o recorde mundial do revezamento 4×50 metros medley. Em seguida, faturou a prova individual dos 100 metros peito, sua especialidade. Por fim, comandou a equipe mista em mais uma vitória no revezamento 4×50 metros medley.

Leia também:

Brasil bate recorde mundial e é ouro nos 4x50m medley

Matheus Santana conquista ouro nos Jogos Olímpicos da Juventude

Publicidade

Natação: boas chances de medalha para o Brasil em 2016

A equipe mista formada por França, Etiene Medeiros, Nicholas Santos e Larissa Oliveira foi primeira com o tempo de 1h37s26, à frente da Grã-Bretanha (1min37s46) e da Itália (1min37s90). Etiene foi a primeira a cair na piscina. No estilo costas, entregou no sétimo lugar. Em seguida, França iniciou a reação brasileira, reduziu a vantagem dos rivais e bateu em quinto. Nicholas Santos, então, deu sequência à recuperação, no borboleta, e entregou na primeira colocação. Larissa sustentou a vantagem no estilo livre e garantiu a vitória.

Nos 100 metros peito, França marcou 56s29, novo recorde do campeonato. Com isso, França deixou para trás o sul-africano Cameron Van Der Burgh, atual campeão olímpico da prova e recordista mundial, que foi apenas o quarto colocado, com 56s80. O britânico Adam Peaty faturou a prata, com 56s35, e o francês Giacomo Perez Dortona ficou com o bronze (57s78).

Com as três conquistas, Felipe França foi o principal destaque do segundo dia de competições. “Para fechar com chave de ouro”, festejou o nadador de 27 anos. Agora, ele soma seis medalhas em Mundiais de Piscina Curta. Em 2010, levou o ouro nos 50 metros e o bronze nos 100 metros, também no estilo peito. Nesta sexta, o campeão olímpico Cesar Cielo também vai em busca de mais um ouro, na prova dos 50 metros estilo livre.

Publicidade

(Com Estadão Conteúdo)

Publicidade