Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Felipão: ‘Vou ficar no Palmeiras mesmo se formos rebaixados’

Ele já pediu demissão três vezes. Mas agora fica pelo menos até o fim do ano

Por Da Redação 10 set 2012, 12h32

No Palmeiras desde julho de 2010, o técnico Luiz Felipe Scolari vive um dos piores momentos desde que voltou ao clube. Na 18ª colocação do Campeonato Brasileiro, com 20 pontos, cinco a menos que o Coritiba, melhor time fora da zona do rebaixamento, o treinador deixa claro não pensa em deixar o clube. “Estou trabalhando com a equipe neste estado. Vocês podem notar que os técnicos pediram demissão em outros sentidos e foram indenizados com 2, 3, 4 milhões de reais. E quando pensei em pedir demissão não quis valor financeiro. Não é agora que vou sair. Se fomos campeões juntos, vou ficar junto também se formos rebaixados.”

Leia também:

Leia também: Felipão diz que problema do Palmeiras é psicológico

Desde sua volta ao Palmeiras, Felipão pediu demissão três vezes. A última, foi durante o Paulistão. “Dessa vez não pensei em pedir para sair. Mas antes sim. Quando o Palmeiras estava no Paulistão e também um pouco antes da Copa do Brasil, pedi para sair. Mas agora não. Não vou fazer absolutamente nada.” Seu contrato com o Palmeiras vai até o fim do ano.

O Palmeiras foi derrotado pelo vice-líder Atlético-MG, por 3 a 0 neste domingo e nesta segunda-feira inicia os preparativos para o jogo contra o Vasco, quarta-feira, às 22 horas, no Rio de Janeiro, pela 24.ª rodada do Brasileirão.

(Com Agência Estado)

Continua após a publicidade
Publicidade